This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > SIESE09
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Sports, Tourism and Leisure

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2021/2022 - 2S

Código: SIESE09    Sigla: STL
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LAS 2 Plano de estudos_2021 5,0
SIESE 14 Study_Plan_2016 5,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Amílcar Sardinha AntunesResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 3,00
Amílcar Antunes   3,00
David Luis Sarmento Gonçalves   1,80

Língua de Ensino

Português/Inglês

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A emergência de paradigmas resultantes da atual sociedade de lazer e consumo, justificam o surgimento da importância do desporto e turismo em contacto direto com a natureza, permitindo a fruição por espaços e lugares de beleza singular, proporcionando vivências únicas em valor e simbolismo.

Os desportos praticados em meio natural ganham cada vez mais adeptos, sendo necessário habilitar os seus profissionais, com competências que permitam uma intervenção focada no essencial, evitando que sejam cometidos erros que, em alguns casos, poderão ser fatais.

Neste contexto, pretende-se contribuir para a formação de profissionais através da aquisição e aplicação de conhecimentos nas áreas do desporto, turismo e lazer, agregando saberes de natureza teórica e instrumentos práticos que permitam idealizar, desenvolver, implementar e organizar atividades e programas de animação e eventos.

Conteúdos programáticos

Bloco I - Quadro Teórico: Desporto, Turismo e Lazer
1. Fundamentos, conceitos, contextos e práticas

Bloco II - Formação Outdoor
Formação experiencial, focando-se no comportamento do indivíduo e à sua atuação em grupo

Bloco III – Aprendizagem em Contexto Prático
1. Atividades de Exploração da Natureza
1.1. Orientação
1.2. Escalada
1.3. Desportos Aquáticos
1.4. Bicicletas Todo o Terreno (BTT)

Bloco IV – Trabalho de Campo/ Organização de um E-portfólio


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Pretende-se que o estudante: Manifeste, no tratamento dos temas que cruzam o desporto, o turismo e o lazer, objetividade e uma atitude de estudo metódica e sistemática, facilitadora à aquisição e aplicação de conhecimentos.

Metodologias de ensino

A abordagem de conteúdos programáticos assenta em duas partes: uma parte destinada a estudos teóricos e uma outra parte destinada à aplicação da teoria.

Para os estudos práticos os métodos de trabalho são diversificados e em função dos objetivos de cada aula. Os mais frequentemente realizados, pelos estudantes, são a apresentação de temas, os painéis de discussão, o trabalho individual e/ou de pequeno grupo, a elaboração de fichas de síntese e de reflexão sobre a teoria e o trabalho de Projeto.

A avaliação é contínua e os estudantes nela integrados estão sujeitos, no decorrer do processo, à realização de pequenos trabalhos práticos de reflexão e/ou de aprofundamento do estudo realizado, bem como a situações pontuais de questionamento.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Dar-se-á especial importância às metodologias interativas, o ensino pela descoberta, envolvendo os estudantes no processo de ensino-aprendizagem, centrado numa abordagem dos conceitos teóricos referenciados pela investigação científica e sua aplicação a situações práticas.

Metodologia e provas de avaliação

Avaliação e classificação
A avaliação da unidade curricular assenta no regime de avaliação contínua, que se consubstancia em momentos de processo e de produto. Constituem valências da avaliação contínua:

Desenvolvimento de um E-portfólio – 100%

De acordo com os respetivos objetivos a atingir, avaliaremos os trabalhos com as seguintes percentagens:
• Desenho/apresentação: 15%
• Relação entre os conceitos do Desporto, Turismo e Lazer: 30%
• Relação entre (ODS) Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Desporto e atividades realizadas: 30%
• Participação, compromisso, empenho e interesse: 25%

Para efeitos de atribuição da classificação final, poderá o docente estipular, se achar necessário para uma melhor clarificação do processo de avaliação, a discussão oral de qualquer uma das produções desenvolvidas pelos estudantes.

Regime de assiduidade

Regime de assiduidade:
a) esteja presente em 70% das aulas e participe na discussão das questões em análise, bem como na realização dos trabalhos propostos;
b) leia a bibliografia de apoio e esteja preparado para analisar e discutir os temas apresentados;
c) realize as tarefas e os trabalhos programados, evidenciando com clareza e rigor a apropriação dos conhecimentos sobre a matéria.

Bibliografia


Carvalho, P. & Rui, L. (2008). Turismo de Prática Desportiva: Um Segmento do Mercado do Turismo Desportivo. Disponível em: Http://Mpra.Ub.Uni-Muenchen.De/10959/.

Larizzatti, F. (2005). Lazer e Recreação para o Turismo. Rio de Janeiro: Sprint.

Almeida , P., & Araújo , S. (2017). Introdução à Gestão da Animação Turística (2ºedição) . Lisboa: Lidel, edições técnicas lda.
United Nations. (2018). the contribution of sports to the achievement of the sustainable development goals. Anita Palathingal.
United Nations Office on Sport for Development and Peace (UNOSDP). (12 de 10 de 2021). United Nations . Obtido de https://www.un.org/sport/sites/www.un.org.sport/files/ckfiles/files/Sport_for_SDGs_finalversion9.pdf

Observações

Os estudantes com estatutos especiais, que não possam estar presentes nas sessões previstas, devem dar conhecimento deste estatuto ao docente nos primeiros quinze dias de aulas, sendo definido um plano de trabalho a desenvolver e critérios de avaliação adaptados, em função das possibilidades e condições particulares de frequência dos alunos implicados, de forma a permitir o acompanhamento de aulas e a respetiva avaliação contínua.

Opções
Página gerada em: 2022-10-05 às 03:36:36 Última actualização: 2010-07-19