This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Licenciaturas > LGP
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Licenciatura em Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa

Este curso encontra-se homologado no âmbito do Processo de Bolonha.

Estado de Bolonha: Adequado
Data de Homologação: 2007-05-29
Sigla: LGP
Grau: Licenciatura
Início: 2007/2008
Observações: Cursos de Bolonha
Descrição:

O curso de licenciatura em Tradução e Interpretação em Língua Gestual Portuguesa da ESE de Setúbal é o resultado da adaptação ao processo de Bolonha da licenciatura bietápica (3 anos +2 anos), que, com o mesmo nome, vigorou nesta escola de 1997 a 2006. Herda assim o capital de experiência acumulado durante o período de vigência dessa licenciatura, a primeira do seu género em Portugal e, durante vários anos, a única.

O plano de estudos do atual curso de Tradução-Interpretação de LGP (organizado nos moldes do processo de Bolonha), não veio introduzir uma mudança radical relativamente ao curso que o antecedeu, estando estruturado com base nas competências que os estudantes devem adquirir ou desenvolver ao longo do curso, nomeadamente nas suas diversas componentes de formação específicas e transversais, destacando-se, aqui, algumas das mais significativas: Língua Gestual Portuguesa; Teoria e Prática da Tradução e Interpretação; História e Cultura da Comunidade Surda; Ética e Deontologia Profissional; Linguística Portuguesa e Linguística da LGP; Língua Portuguesa e Intervenção em Contextos Profissionais, vulgo “estágios”.

Este curso proporciona o acesso a uma profissão estimulante de caráter relacional e oportunidades de abertura de novos horizontes culturais.

O/a tradutor/a intérprete em Língua Gestual Portuguesa desempenha a função de mediador da comunicação entre pessoas surdas e pessoas ouvintes, e realizará serviços de tradução e interpretação de/ e para língua gestual portuguesa em diversos contextos institucionais ou privados, nomeadamente em escolas de ensino bilingue de crianças e jovens surdos, escolas, universidades e institutos politécnicos, entidades de serviço público, associações de/ e para surdos, empresas, formação profissional, contactos particulares, reuniões, sistema de justiça, saúde, televisão, conferências, workshops e seminários, entre muitas outras situações de interlocução, em que a sua presença se torna necessária de modo a garantir a liberdade de expressão e de acesso à informação e igualdade de oportunidades da pessoa surda.

Área Científica do curso: Língua e Literatura Materna

Objetivos:
Pretende-se que o/a estudante que complete este ciclo de estudos disponha de uma cultura geral amadurecida e de uma deontologia exigente que lhe permita compreender, questionar e ajustar a sua relação com o mundo e com a profissão que exerce. Que disponha, igualmente, de sólidos conhecimentos científicos sobre as suas duas línguas de trabalho – Língua Gestual Portuguesa (LGP) e Língua Portuguesa (LP) – e de uma efetiva competência comunicativa em ambas, tanto na enunciação como na compreensão do discurso, que lhe permitam traduzir e interpretar com correção e espontaneidade, e que seja capaz de realizar proficientemente interpretação simultânea e interpretação consecutiva em vários estilos e registos das línguas em presença.


Equipa de Coordenação: Professores Tutores

Informações: Diploma legal de aprovação do curso: Despacho n.º 2150/2007 de 9 de Fevereiro (DR nº 29 - Série II)

Plano de Estudos: Despacho nº 17318/2010 de 17 de Novembro (DR nº 223 - Série II)


Saídas Profissionais:
Prepara profissionais aptos a desempenharem a função de mediadores da comunicação entre a comunidade surda (que tem um idioma próprio, a Língua Gestual Portuguesa) e a comunidade ouvinte em todos os contextos institucionais, em particular nas escolas e em todas as situações de interlocução em que a sua presença se torna necessária como condição da liberdade de expressão, do acesso irrestrito à informação e da garantia do direito à igualdade de oportunidades da pessoa surda.

Condições de acesso: 12º ano ou equivalente

Provas exigidas para as candidaturas:

Uma das seguintes:
08 – Francês
13 – Inglês
18 – Português


Pré-requisitos: Grupo F

  • Capacidade Visual e Motora
  • Capacidade visual e motora adequada às exigências do curso

Forma de comprovação:

    Atestado médico, nos termos do anexo VI da Deliberação da CNAES n.º 1494/2003, de 26 de Setembro, comprovativo de acuidade visual e da ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira com a capacidade funcional a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia a entregar no acto da matrícula e inscrição no ensino superior, no par estabelecimento /curso que os exige, caso ali venha a obter colocação, sendo condição indispensável para a realização da referida matrícula e inscrição.

    Modelo do Pré-Requisito do Grupo F - Tradução e interpretação da Língua Gestual Portuguesa.
Preferência Regional: 50% - Distritos Beja, Évora, Lisboa, Santarém e Setúbal

Diplomas

  • Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa

Planos de Estudo

Opções
Relatórios Monitorização
Alunos
Últimas Notícias
Conferência: A importância de brincar
"Sem Filtro" | CTeSP em Produção Audiovisual
Página gerada em: 2017-12-14 às 06:09:08