This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Licenciaturas > LGP
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Licenciatura em Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa

Este curso encontra-se homologado no âmbito do Processo de Bolonha.

Estado de Bolonha: Adequado
Data de Homologação: 2007-05-29
Sigla: LGP
Grau: Licenciatura
Início: 2007/2008
Observações: Cursos de Bolonha
Descrição:

O curso de licenciatura em Tradução e Interpretação em Língua Gestual Portuguesa da ESE de Setúbal é o resultado da adaptação ao processo de Bolonha da licenciatura bietápica (3 anos +2 anos), que, com o mesmo nome, vigorou nesta escola de 1997 a 2006. Herda assim o capital de experiência acumulado durante o período de vigência dessa licenciatura, a primeira do seu género em Portugal e, durante vários anos, a única.

O plano de estudos do atual curso de Tradução-Interpretação de LGP (organizado nos moldes do processo de Bolonha), não veio introduzir uma mudança radical relativamente ao curso que o antecedeu, estando estruturado com base nas competências que os estudantes devem adquirir ou desenvolver ao longo do curso, nomeadamente nas suas diversas componentes de formação específicas e transversais, destacando-se, aqui, algumas das mais significativas: Língua Gestual Portuguesa; Teoria e Prática da Tradução e Interpretação; História e Cultura da Comunidade Surda; Ética e Deontologia Profissional; Linguística Portuguesa e Linguística da LGP; Língua Portuguesa e Intervenção em Contextos Profissionais, vulgo “estágios”.

Este curso proporciona o acesso a uma profissão estimulante de caráter relacional e oportunidades de abertura de novos horizontes culturais.

O/a tradutor/a intérprete em Língua Gestual Portuguesa desempenha a função de mediador da comunicação entre pessoas surdas e pessoas ouvintes, e realizará serviços de tradução e interpretação de/ e para língua gestual portuguesa em diversos contextos institucionais ou privados, nomeadamente em escolas de ensino bilingue de crianças e jovens surdos, escolas, universidades e institutos politécnicos, entidades de serviço público, associações de/ e para surdos, empresas, formação profissional, contactos particulares, reuniões, sistema de justiça, saúde, televisão, conferências, workshops e seminários, entre muitas outras situações de interlocução, em que a sua presença se torna necessária de modo a garantir a liberdade de expressão e de acesso à informação e igualdade de oportunidades da pessoa surda.

Área Científica do curso: Língua e Literatura Materna

Objetivos:
Pretende-se que o/a estudante que complete este ciclo de estudos disponha de uma cultura geral amadurecida e de uma deontologia exigente que lhe permita compreender, questionar e ajustar a sua relação com o mundo e com a profissão que exerce. Que disponha, igualmente, de sólidos conhecimentos científicos sobre as suas duas línguas de trabalho – Língua Gestual Portuguesa (LGP) e Língua Portuguesa (LP) – e de uma efetiva competência comunicativa em ambas, tanto na enunciação como na compreensão do discurso, que lhe permitam traduzir e interpretar com correção e espontaneidade, e que seja capaz de realizar proficientemente interpretação simultânea e interpretação consecutiva em vários estilos e registos das línguas em presença.


Equipa de Coordenação: Professores Tutores

Informações: Diploma legal de aprovação do curso: Despacho n.º 2150/2007 de 9 de Fevereiro (DR nº 29 - Série II)

Plano de Estudos em vigor: Despacho nº 17318/2010 de 17 de Novembro (DR nº 223 - Série II)

Acreditação
Estado: Acreditado
Nº de anos de acreditação: 6 anos (Data da Publicação: 30-01-2017)
Relatório de Autoavaliação
Acreditação A3ES



Saídas Profissionais:
Prepara profissionais aptos a desempenharem a função de mediadores da comunicação entre a comunidade surda (que tem um idioma próprio, a Língua Gestual Portuguesa) e a comunidade ouvinte em todos os contextos institucionais, em particular nas escolas e em todas as situações de interlocução em que a sua presença se torna necessária como condição da liberdade de expressão, do acesso irrestrito à informação e da garantia do direito à igualdade de oportunidades da pessoa surda.

Condições de acesso: 12º ano ou equivalente

Provas exigidas para as candidaturas:

Uma das seguintes:
08 – Francês
13 – Inglês
18 – Português


Pré-requisitos: Grupo F

  • Capacidade Visual e Motora
  • Capacidade visual e motora adequada às exigências do curso

Forma de comprovação:

    Atestado médico, nos termos do anexo VI da Deliberação da CNAES n.º 1494/2003, de 26 de Setembro, comprovativo de acuidade visual e da ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira com a capacidade funcional a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia a entregar no acto da matrícula e inscrição no ensino superior, no par estabelecimento /curso que os exige, caso ali venha a obter colocação, sendo condição indispensável para a realização da referida matrícula e inscrição.

    Modelo do Pré-Requisito do Grupo F - Tradução e interpretação da Língua Gestual Portuguesa.
Preferência Regional: 50% - Distritos Beja, Évora, Lisboa, Santarém e Setúbal

Fórmula da nota de candidatura: Notas do ensino secundário: 60% | Provas de ingresso: 40%

Regime de Precedências: Não Aplicável

Diplomas

  • Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa

Planos de Estudo

Opções
Relatórios Monitorização
Alunos
Últimas Notícias
Projeto de educação ambiental
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Concurso Público para Mural no Campus de Setúbal do IPS
Página gerada em: 2018-12-10 às 21:38:11