This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > AF10
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Comunicação, Ética e Relações Interpessoais

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 2S

Código: AF10    Sigla: CERI
Áreas Científicas: Psicologia
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
TSPSFC 21 Plano de Estudos 2015_16 5,0 45 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Isaura Fernanda Graça PedroResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 3,00
Luísa Ramos de Carvalho   1,00
Maria Inês Peceguina   3,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A UC tem por objetivos fundamentais o desenvolvimento de competências que se perspetivam como imprescindíveis para as áreas profissionais de intervenção familiar e comunitária nomeadamente, a análise de formas de estar, de agir, de comunicar no que se refere à relação consigo e com o outro. Procura, por sua vez, possibilitar a identificação e gestão de fenómenos básicos nas dinâmicas do relacionamento interpessoal e grupal na promoção de um ambiente de trabalho cooperativo.
Reconhecer a necessidade do comportamento ético em todos os aspectos das relações interpessoais e, em especial, nas relações interpessoais profissionais.
Identificar os aspetos fundamentais da Ética e Deontologia profissional assim como desenvolver competências para a participação ativa na discussão e tomada de decisão ética em contexto profissional.

Conteúdos programáticos

1. Elementos chave no relacionamento interpessoal
- A linguagem verbal e não-verbal
- A eficácia da comunicação
- A perceção do outro
- Os processos de influência social
- Os estilos pessoais de comunicação

2. Formação de impressões e processos de categorização
- A importância das primeiras impressões
- Fatores que contribuem para a formação das impressões
- O papel das primeiras impressões no processo de categorização

3. O conflito no âmbito do relacionamento interpessoal e intergrupal
- Significados atribuídos ao conceito de conflito
- A natureza do conflito
- Os ciclos de evolução do conflito
- As estratégias de enfrentamento do conflito
- A escuta ativa nos processos de mediação

4. Ética: Fundamentos da ética, moral, direitos e deontologia
- O bem comum e o respeito
- A dimensão ética do cuidado
- Direitos e deveres dos profissionais na área dos cuidados e suporte à família
- O sigilo profissional
- O código deontológico


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os objectivos de aprendizagem são coerentes com os conteúdos programáticos uma vez que incluem conhecimentos que se consideram como imprescindíveis para a área profissional de intervenção familiar e comunitária.

Metodologias de ensino

O trabalho desenrolar-se-á fundamentalmente em contexto de sessões teórico-práticas.
1. Estratégias de gestão do programa
Estratégias de auto aprendizagem são promovidas incentivando-se as capacidades de pesquisa de informação científica, de análise e reflexão crítica. Alguns dos produtos obtidos são objeto de partilha com o grupo através da dinamização de sessões expositivas por parte dos estudantes, valorizando o desenvolvimento de competências de exposição e discussão não só dos conteúdos teóricos como das aplicações práticas dos mesmos.
Nas sessões em que o método expositivo é predominantemente utilizado, são inseridos um ou mais momentos de discussão de temáticas chave em grande grupo, bem como a aplicação de pequenos questionários, filmes ou elementos práticos de modo a facilitar a integração de conceitos teóricos expostos na realidade quotidiana e/ ou profissional.
2. Orientação tutorial
É realizado o acompanhamento tutorial de modo a apoiar, orientar e aconselhar os estudantes no seu percurso de aprendizagem; a atividade tutorial poderá ser desenvolvida quer no decorrer das aulas quer em sessões específicas destinadas a esse efeito, bem como através de sessões extraordinárias de acompanhamento presencial e/ou à distância, consoante as necessidades específicas sentidas.
3. Participação dos estudantes
Espera-se uma participação ativa e interessada por parte dos estudantes, essencial ao progresso das aprendizagens e ao êxito nas avaliações, nomeadamente através de: participação nas aulas, realização de pesquisas orientadas, realização dos trabalhos propostos pelo docente, participação em atividades extracurriculares potenciadoras dos conhecimentos adquiridos através das aulas e do estudo.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Os objectivos de aprendizagem traduzem a necessidade de uma formação para um contexto real de trabalho pelo que as metodologias de ensino integram, tanto a exposição teórica como o trabalho prático, exercícios e dinâmicas de relação interpessoal e grupal.
As metodologias utilizadas promovem a reflexão pessoal e a sua aplicabilidade num futuro profissional, sustentadas contudo, no quadro teórico abordado.

Metodologia e provas de avaliação

Existem duas modalidades de avaliação na UC:

(a) Avaliação contínua e (c) Avaliação sumativa

Os estudantes deverão optar entre as modalidades de Avaliação Contínua e de Exame Final.

Caso opte pela Avaliação Contínua, o estudante terá que realizar:
(1) Uma Reflexão individual sobre as aprendizagens realizadas na UC(40%).
(2) Relatório de grupo (30%).
(3) Apresentação de um ponto do programa com recurso à bibliografia da UC e dinamização de uma sessão (30%).

Em alternativa à Avaliação Contínua, o estudante poderá optar pelo Exame Final, a realizar na época prevista para o efeito (100%).

Regime de assiduidade

A assiduidade é regulada por normativos específicos do CTeSP.

Bibliografia

Caetano, A. (1993). A formação de impressões. In J. Vala & M. B. Monteiro (Coord.), Psicologia social (pp. 89-111). Fundação Calouste Gulbenkian.

Fachada, M. O. (2018). Psicologia das relações interpessoais. Edições Sílabo.

Golovanova, I. (2018). O poder dos seus gestos. Porto Editora.

Herédia, R. A. S. (2000). Resolución del conflicto. Ediciones Mensajero.

Maldonado, M. T. (2010). O bom conflito. Guerra e Paz.

Rosenberg, M. B. (2021). Comunicação não-violenta: O segredo para comunicar com sucesso. Alma dos livros.

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 12:39:07 Última actualização: 2010-07-19