This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > CS30025
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Seminário de Investigação e Projeto de Comunicação

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 1S

Código: CS30025    Sigla: SIPC
Áreas Científicas: Ciências Sociais, Ciências da Comunicação
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
CS 34 Plano de Estudos a partir de 2014 6,0 72 162,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Maria Alcina Velho Dourado da SilvaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,80
Alcina Dourado   3,46
Cristina Gomes da Silva   1,33

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Nesta UC pretende-se que as/os estudantes desenvolvam as seguintes competências:
• Mobilizam conhecimentos de várias áreas do saber para a compreensão da complexidade das sociedades e dos contextos e processos onde se inserem os fenómenos comunicacionais;
• Conhecem e compreendem os fenómenos e processos de comunicação nas suas múltiplas dimensões;
• Dominam e mobilizam conhecimentos metodológicos na realização de projetos de investigação;
• Desenvolvem atividades de investigação no domínio da comunicação;
• Comunicam de forma eficaz, usando a língua portuguesa para fins académicos;
• Gerem eficazmente informação relevante para a sua área académica e profissional;
• Utilizam adequadamente as tecnologias da informação e comunicação;
• Organizam e planeiam o trabalho pessoal;
• Resolvem problemas e trabalham em equipa.

Conteúdos programáticos

Os conteúdos a desenvolver na Unidade Curricular resultam das necessidades do enquadramento metodológico do trabalho a desenvolver pelos/as estudantes e centram-se no seguinte:
Investigação e conhecimento científico
- Características e produção do Conhecimento Científico.
- Construção teórica e trabalho empírico.
- Investigação e prática social.
Os métodos de investigação
- Estudos quantitativos vs Estudos qualitativos.
- Opções metodológicas e técnicas de investigação.
- A Metodologia do trabalho de Projeto e a Investigação-Ação
As Etapas do processo de investigação
- Identificação/formulação do problema
- Elaboração de questão de partida
- Revisão da literatura
- Objetivos e formulação de hipóteses
- Recolha, apresentação e análise de resultados
Utilização de programas informáticos de referenciação, análise de conteúdo e elaboração de posters.
Desenvolvimento de práticas de investigação respeitadoras do trabalho intelectual alheio.

Software

Mendeley


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

No âmbito desta uc propõe-se um conjunto de atividades que levam cada estudante a realizar, na prática, uma investigação em áreas temáticas sugeridas pela equipa docente. Este processo é seguido, passo a passo, por ambas as professoras que apoiam cada grupo de investigação. Neste ano os temas são: Questões ambientais; Questões de consumo; Racismo na sociedade portuguesa.
É expectável que, no final, os estudantes elaborem um artigo por grupo e apresentem os resultados através de um poster académico. O(s) melhor(es) trabalho(s) será(ão) adaptado(s) para eventual publicação em revista científica. Os pósteres podem ser utilizados em eventos futuros.

Metodologias de ensino

Nesta UC parte-se de uma diversidade de metodologias de trabalho. As docentes apresentarão as questões gerais comuns e fulcrais para cada projeto de investigação. Também está a seu cargo a orientação tutória de cada grupo de estudantes ao longo da produção de cada trabalho a realizar. Serão calendarizadas essas sessões de acompanhamento tutorial que se constituirão numa modalidade muito significativa nos tempos de funcionamento desta UC.
Serão convidados/as especialistas em áreas que sejam consideradas fundamentais - quer teóricas quer metodológicas - que sejam do interesse de cada grupo de trabalho através da organização de um ciclo de seminários.
Os/as estudantes apresentarão as diferentes fases de desenvolvimento do seu projeto sendo uma oportunidade para se discutir em grande grupo limitações e dificuldades da elaboração de projetos de investigação.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias de ensino pretendem estimular os estudantes ao desenvolvimento de um projeto de investigação, alicerçado nas várias sessões de seminário. Assim, pretende-se que através das fontes documentais e análise de trabalhos de investigação na área das ciências da comunicação, os mesmos se apropriem dos aspetos teóricos fundamentais desta área do saber.
As sessões de tutoria, individual e em pequenos grupos, assumem um papel fundamental na preparação e acompanhamento destes projetos de investigação e permitem que, cada estudante:
 Mobilize conhecimentos de diferentes áreas do saber na compreensão de problemáticas e contextos particulares.
 Revele capacidades de questionamento dos contextos e dos saberes, nomeadamente no âmbito do estudo dos processos e fenómenos de comunicação.
 Identifique, enuncie e desenvolva problemáticas de estudo e de pesquisa no âmbito da comunicação, na multidimensionalidade das suas manifestações, dos seus fatores e dos seus impactos e em relação com os contextos sociais e culturais em que se enquadram.
 Identifique, recolha, organize, analise e interprete informação reconhecendo a credibilidade das fontes.
 Articule e integre adequadamente informações teóricas de diferentes inserções disciplinares com dados de natureza empírica.
 Conheça os diferentes métodos e principais técnicas de investigação e compreenda as suas condições de utilização.
 Analise e interprete criticamente os resultados de estudos com diferentes origens, compreendendo os processos metodológicos que os originaram.
 Faça opções metodológicas e desenvolva processos de recolha e tratamento de dados construindo e utilizando instrumentos de pesquisa de forma adequada.
 Compreenda e mobilize informação proveniente de uma diversidade de textos, de complexidade variável, seja oralmente, seja por escrito.
 Se exprima de forma clara, estruturada e fluente sobre temas complexos.
 Reconheça e utilize os discursos específicos dos seus contextos de intervenção.
 Elabore documentos em formatos e suportes diversificados.
 Use ferramentas das tecnologias da informação e comunicação.
 Comunique usando adequadamente os meios eletrónicos disponíveis.
 Programe as etapas de ação tendo em conta os recursos e o tempo disponíveis.
 Intervenha de forma eficiente e organizada.
 Trabalhe de forma autónoma.

Metodologia e provas de avaliação

No âmbito desta UC proceder-se-á à avaliação sistemática de:
- Aulas e sessões de trabalho;
– Atividades desenvolvidas pelas docentes;
– Participação dos/as estudantes nas aulas e noutras atividades programadas;
– Trabalhos produzidos pelos/as estudantes.

A classificação final de cada estudante terá como base o seu desempenho nos trabalhos em grupo ou/e individuais previstos e de acordo com o seguinte:
- Participação (5%)
- Pré-projeto de investigação (15%)
- Projeto final de investigação e produto de comunicação (sob a forma de artigo) (30%)
- Apresentação do projeto final de investigação e produto de comunicação através de poster(20%)
- Reflexão individual (30%)

No caso de trabalhadores-estudantes e estatutos equivalentes que não consigam participar nas aulas, a nota final será a seguinte:
- Participação (5%)
- Pré-projeto de investigação (25%)
- Projeto final de investigação e produto de comunicação (sob a forma de artigo) (40%)
- Apresentação do projeto final de investigação e produto de comunicação através de poster(30%)

Os trabalhos de projeto serão elaborados em grupo.
A realização de projetos individuais só poderá ocorrer a nível excecional, após ter sido negociada com docentes e após ser submetida a aceitação do coletivo.
Cada pré-projeto deve ter uma estrutura-base apresentada em sessão presencial, tal como a calendarização, dimensão do projeto e respetivos parâmetros de avaliação.
Projeto e produto de comunicação serão apresentados sob a forma de poster.
Existem atividades de caráter formativo que concorrem para auxiliar a compreensão e problematização dos conteúdos.

Regime de assiduidade

A avaliação contínua realizar-se-á de acordo com as atividades propostas e os princípios expressos no programa, implicando uma presença regular dos/as estudantes nas atividades letivas.

Os/as estudantes com Estatutos Especiais ou com a Unidade Curricular em atraso têm de seguir um programa alternativo de tutorias que lhes permita realizar toda a parte prática da investigação. A apresentação do produto final é a componente prevista para o exame.

A avaliação por exame é regulada pelos princípios aprovados em CTC, para outras Unidades Curriculares como Estágio.

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  0
  Total: 0

Bibliografia

Albarello, L., Digneffe, F., Hiernaux, J.-P., Maroy, C., Ruquoy, D., & Saint-Georges, P. de. (1997). Práticas e métodos de investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.

Amado, J. (2014). Manual de investigação qualitativa em Educação. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra. Retrieved from https://digitalis.uc.pt/pt-pt/livro/manual_de_investigação_qualitativa_em_educação

Bell, J. (1997). Como realizar um projecto de investigação. Gradiva. *

Coutinho, C. P. (2011). Metodologia de investigação em Ciências Sociais e Humanas: teoria e prática. Porto: Almedina. *

Hennessy, B. (2002). Writing an essay: simple techniques to transform your corsework and examinations. Oxford: How to Book.

Pádua, E. (2000). Metodologias da pesquisa: abordagem teórico-prática (6th ed.). Campinas S.P. (Brasil): Papirus Editora.*

Schwabish, J. (2017). Better presentations: a Guide for scholars, researchers and wonks. New York: Columbia University Press.

Sousa, M. J., & Baptista, C. S. (2011). Como fazer investigação, dissertações, teses e relatórios. Lisboa: Pactor.

Serão facultados textos complementares ao longo do funcionamento da uc.

Observações

A calendarização das atividades e as especificidades de cada uma serão disponibilizadas em documento próprio.

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 14:02:28 Última actualização: 2010-07-19