This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > LAS108
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Formação de Formadores

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 1S

Código: LAS108    Sigla: FF
Áreas Científicas: Pedagogia
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LAS 14 Plano de estudos_2021 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Luísa Rebelo de Oliveira PiresResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Gina Lemos   4,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A UC Formação de Formadores segue uma matriz curricular estruturada em torno de 3 eixos fundamentais que consubstanciam o perfil profissional do/a formador/a: área de intervenção, macro competência e unidade de competência. Parte de quatro áreas de intervenção (a saber, preparação e planeamento, conceção, desenvolvimento e avaliação da formação) e propõe a aquisição das seguintes macro competências (entre parêntesis, indicam-se as respetivas unidades de competência) (Nota 1):

• Preparar e planear processos de aprendizagem (analisar o contexto de intervenção da formação e planear atividades de aprendizagem);
• Conceber os produtos de formação (desenhar programas de formação e conceber/explorar recursos didáticos e multimédia);
• Facilitar o processo de aprendizagem (aplicar técnicas diferenciadas de interação pedagógica e de dinamização de grupos);
• Gerir networking (utilizar e gerir plataformas colaborativas e de aprendizagem);
• Gerir a diversidade (aplicar metodologias de gestão da diversidade no contexto de formação); e
• Acompanhar e avaliar as aprendizagens (conceber os instrumentos de avaliação da formação e das aprendizagens, atribuir e reportar resultados da formação e das aprendizagens).

Conteúdos programáticos

Os conteúdos programáticos encontram-se organizados em grandes blocos temáticos (módulos e sub-módulos), de acordo com as orientações para a formação pedagógica inicial de formadores (Nota 2):

MF1. Formador: Sistema, contextos e perfil
SubM1.1. Formador: Contextos de intervenção
SubM1.2. Aprendizagem, criatividade e empreendedorismo

MF2. Simulação pedagógica inicial
SubM2.1. Preparação e concretização das simulações
SubM2.2. Análise e projeto de melhoria

MF3. Comunicação e dinamização de grupos em formação
SubM3.1. Comunicação e comportamento relacional
SubM3.2. Diversidade no contexto de formação

MF4. Metodologias e estratégias pedagógicas
SubM4.1. Métodos e técnicas pedagógicas
SubM4.2. Pedagogia e aprendizagem inclusiva e diferenciada

MF5. Operacionalização da formação: Do plano à ação
SubM5.1. Competências e objetivos operacionais
SubM5.2. Desenho do processo de formação-aprendizagem

MF6. Recursos didáticos e multimédia
SubM6.1. Exploração de recursos didáticos
SubM6.2. Construção de apresentações multimédia

MF7. Plataformas colaborativas e de aprendizagem
SubM7.1. Plataformas: Finalidades e funcionalidades
SubM7.2. Comunidades virtuais de aprendizagem

MF8. Avaliação da formação e das aprendizagens
SubM8.1. Avaliação quantitativa e qualitativa
SubM8.2. Avaliação: Da formação ao contexto de trabalho

MF9. Simulação pedagógica final
SubM9.1. Preparação e concretização das simulações
SubM9.2. Análise e prospetiva técnico-pedagógica

Nota: Consultar ponto 8. Observações: os blocos temáticos 1 e 4 são trabalhados na UC Pedagogia e Educação ao Longo da Vida; os blocos temáticos 6 e 7 são trabalhados na UC TIC em Contextos Profissionais; os blocos 5 e 8 são trabalhados de forma mais aprofundada nesta UC e articulados com o bloco 9, de acordo com o Referencial de Formação de Formadores.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos programáticos estão intrinsecamente articulados com os objetivos estabelecidos para a UC, encontrando-se organizados por blocos temáticos (módulos e sub-módulos) que traduzem as dimensões Pedagógica, Organizacional, Prática, e Deontológica e Ética da atividade de formador/a (Nota 3).

Metodologias de ensino

As aulas desta UC organizam-se em sessões teórico-práticas, onde é privilegiado o recurso a metodologias ativas e a técnicas pedagógicas como simulação, jogo de papéis, estudo de caso, tempestade de ideias, dinâmicas de grupo, aliadas a grupos de discussão entre estudantes e docente e a um trabalho de projeto de intervenção pedagógica. Tal assenta na intenção de facilitar a aquisição e a mobilização de competências em quatro dimensões, a saber:
• Pedagógica, que visa a aquisição e desenvolvimento das competências necessárias em função das modalidades, dos públicos e dos contextos de intervenção;
• Organizacional, que inclui as técnicas e métodos de planeamento, gestão, organização, acompanhamento e avaliação da formação;
• Prática, que consiste na aplicação ou no exercício contextualizado, real ou simulado, das competências técnico-pedagógicas adquiridas ao longo da formação;
• Deontológica e ética, que abrange a observância de regras e valores profissionais, bem como da igualdade de género e da diversidade étnica e cultural.

Acompanhamento tutorial:
O acompanhamento tutorial desenvolvido, individual/grupo, tem como finalidade apoiar e orientar os/as estudantes ao longo da UC na realização dos trabalhos individuais/grupo, esclarecer questões e dúvidas, prestar aconselhamento e informações, monitorizar o percurso formativo e propor melhorias. O acompanhamento é feito, quer de uma forma presencial, quer a distância.

Participação dos/as estudantes:
Espera-se que cada estudante: (a) esteja presente em 95% das sessões e que participe na discussão das questões em análise, bem como nos trabalhos individuais e de grupo propostos; (b) realize a pesquisa de informação necessária à realização dos trabalhos propostos; (c) participe ativamente nas sessões, realizando as atividades programadas.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias de trabalho pedagógico, ativas na sua essência, encontram-se intrinsecamente articuladas com os objetivos de aprendizagem estabelecidos para a UC. O trabalho de projeto, os exercícios práticos e as simulações pedagógicas (autoscopias) assumem uma grande centralidade nesta UC. Pretende-se desenvolver conhecimentos e competências necessários ao exercício da atividade de formador/a, particularmente no domínio da conceção, desenvolvimento e avaliação de um projeto de intervenção pedagógica, para um público e contexto específicos.

Metodologia e provas de avaliação

O trabalho desenvolvido na UC é objeto de avaliação contínua.
O acompanhamento e a avaliação do/a estudante fazem parte integrante do seu percurso formativo.
A avaliação contínua pressupõe assiduidade de frequência e participação qualificada nas sessões.
A avaliação ocorre em três momentos: no início da formação (diagnóstica), durante a formação (contínua, tanto formativa como sumativa) e no final da formação (sumativa).
São utilizadas grelhas e escalas de avaliação.

A classificação final (100%) é obtida a partir das classificações obtidas em:
• Simulação inicial (10%)
• Objetivos pedagógicos (30%)
• Competências pedagógicas (30%)
• Projeto de intervenção (30%)

A classificação final é expressa numa escala quantitativa de 0 a 20.
A realização das simulações pedagógicas (inicial e final) e do projeto de intervenção é obrigatória.

Caso o/a estudante não obtenha aproveitamento positivo na avaliação contínua da UC ou pretenda realizar melhoria de nota, o/a estudante poderá ser avaliado/a em época de exame mediante reformulação do projeto de intervenção.

Regime de assiduidade

Espera-se que cada estudante: (a) esteja presente em 95% das sessões e que participe na discussão das questões em análise, bem como nos trabalhos individuais e de grupo propostos; (b) realize a pesquisa de informação necessária à realização dos trabalhos propostos; (c) participe ativamente nas sessões, realizando as atividades programadas.

Bibliografia

Bibliografia fundamental:

Canário, R. (2013). Educação de adultos: Um campo e uma problemática. EDUCA.
Duarte, N. (2018). Guia HBR: Apresentações persuasivas. Actual Editora.
Ferrão, L. F. M. B., & Rodrigues, M. (2012). Manual prático: Formação pedagógica de formadores. Lidel.
Instituto de Emprego e Formação Profissional (2022). Referencial de formação pedagógica inicial de formadores. IEFP.
Knowles, M. S., Holton III, E. F., & Swanson, R. A. (2015). The adult learner. The definitive classic in adult education and human resource development. Routledge.
Pires, A. L. (2005). Educação e formação ao longo da vida: Análise crítica dos sistemas e dispositivos de reconhecimento e validação de aprendizagens e de competências. Fundação Calouste Gulbenkian.

Bibliografia recomendada pelo IEFP (nota 4)

Observações

Para a obtenção do CCP, é necessário um total de 90 horas de formação presencial para um grupo de 12 formandos/as. Considerando que a unidade curriculaar Formação de Formadores tem 60h horas presenciais, as 30h em falta serão desenvolvidas em duas unidades curriculares — PELV (MF1) e TIC em Contextos Profissionais (MF6 e MF7). Caso seja necessário afetar mais horas presenciais (se o grupo de formandos/as for superior a 12, terão que ser acrescentadas mais 2h por formando/a para as autoscopias), estas poderão ser contabilizadas com base na unidade curricular de PELV (MF4).

Nota 1: Tendo o IEFP emitido um parecer favorável em outubro de 2014, considerando que “globalmente estarão reunidos os requisitos suficientes para acesso ao CCP de formador”.
Nota 2: De acordo com Instituto de Emprego e Formação Profissional (2022). Referencial de formação pedagógica inicial de formadores. IEFP, I.P..
Nota 3: Portaria 214/2011, de 30 de maio.
Nota 4: De acordo com Instituto de Emprego e Formação Profissional (2022). Referencial de formação pedagógica inicial de formadores. IEFP, I.P..

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 13:32:29 Última actualização: 2010-07-19