This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > MEPAI13
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Seminário de Investigação e de Projeto

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - A

Código: MEPAI13    Sigla: SIP
Áreas Científicas: Ciências da Educação(integra Educação e Pedagogia)
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
MEPAI 17 Plano de Estudos 12,0 90 324,0

Nº de semanas letivas: 30

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Luísa Rebelo de Oliveira PiresResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Ana Luísa Oliveira Pires   0,80
António Vasconcelos   0,66
Elisabete Gomes   0,47
Gina Lemos   0,13
Mariana Alte da Veiga   0,50
Teresa Isabel Matos Pereira   0,50

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Apoiar os estudantes na realização da dissertação/projeto, fornecendo instrumentos conceptuais e metodológicos para a sua planificação e desenvolvimento, permitindo a tomada de decisão informada sobre os processos de investigação, estimulando a análise e partilha coletiva para a construção de uma comunidade de investigação mediada pelos docentes.
Contribuir para a construção de conhecimentos teóricos e competências para a investigação
Discutir opções metodológicas e implicações práticas
Discutir quadros teóricos em construção, mobilizando literatura relevante e adequada
Definir o desenho da investigação e as estratégias adequadas aos seus objetivos
Discutir o processo de investigação, expondo as opções, o enquadramento teórico e metodológico e os seus desenvolvimentos
Reconhecer a importância da Comunicação em Ciência, nomeadamente pela participação em congressos / seminários organizados pela ESE-IPS
Contribuir para a criação de comunidades de investigação enquadradas nas linhas do CIEF-IPS

Conteúdos programáticos

Os conteúdos da unidade curricular decorrem e acompanham as diferentes fases do processo de investigação/intervenção:
. Definição do problema;
. Estado da arte e revisão da literatura;
. Metodologia e estratégias para a consecução dos objetivos de dissertação/projeto;
. Métodos e instrumentos de recolha e tratamento de informação;
. Escrita da dissertação / relatório do projeto;
. A ética na investigação em Educação.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos da unidade curricular encontram-se intrinsecamente articulados com os objetivos de aprendizagem, que são orientados para o desenvolvimento do processo de investigação/intervenção, num contexto de construção coletiva e partilhada: definição dos objetivos e questões e investigação/intervenção; construção de um quadro teórico adequado ao problema de investigação/intervenção; planificação dos métodos, estratégias e procedimentos para recolha de dados; organização e análise de dados; utilização da literatura para a análise e interpretação da informação recolhida; escrita da dissertação/projeto; integração dos aspetos éticos da investigação em educação.

Metodologias de ensino

A unidade curricular desenvolve-se em modalidade de seminário, promovendo a discussão coletiva e participada de textos de referência e de temáticas específicas, a partilha dos processos/etapas/instrumentos da investigação/intervenção dos estudantes e dos progressos realizados. Incentiva-se a pesquisa ativa em bibliotecas, em plataformas de acesso digital e outros meios de acesso à informação. Pretende-se promover a discussão, análise crítica e reflexão dos processos e resultados alcançados, através de uma estratégia dialógica de partilha entre estudantes, docentes, orientadores e investigadores (convidados).
As sessões de seminário à distância são síncronas e destinadas a momentos expositivos-dialogados, nos quais os estudantes apresentam os seus processos de trabalho de investigação/intervenção. Em algumas das sessões haverá a participação de convidados, que poderão ser investigadores/profissionais nacionais e internacionais, com relevância para as temáticas escolhidas pelos estudantes.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias propostas concretizam os objetivos enunciados, valorizando uma dimensão coletiva e partilhada da construção do conhecimento científico, uma dimensão de trabalho em grupos pequenos, associada à discussão de temáticas específicas, e uma dimensão de trabalho individual, em que cada estudante mobilizará os conhecimentos mais relevantes para a construção metodológica da investigação/intervenção e do corpus teórico que o sustenta.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação é fundamentalmente de natureza formativa, valorizando-se o feedback a prestar aos estudantes. Avaliação:
. trabalho de fundamentação da metodologia de investigação/intervenção que deverá ser a base do capítulo da metodologia da dissertação ou trabalho de projeto final: 30%
. construção do corpus teórico da investigação que deverá constituir a base do capítulo do enquadramento teórico da dissertação ou trabalho de projeto final: 40%
. participação qualificada nas discussões coletivas realizadas nos seminários: 30%.

Bibliografia

Denzin, N. K., & Lincoln, Y. S. (eds) (2000). Handbook of qualitative research. London: Sage.
Felt, U. et al. (2007). Taking the European Knowledge Society Seriously, EU. Luxembourg: Pub. Office of the EU.
Gall, M. D., Gall, J. P., & Borg, W. R. (2007-8th ed.). Educational Research. An Introduction. Boston: Pearson International Edition
Haas, P. (1992). Introduction: epistemic communities and international policy coordination. International organization 46 (1): 1–35
Magalhães, R. A Comunicação Estratégica aplicada à divulgação da Ciência. O caso do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade1 Observatorio (OBS*) Journal, vol.9 - nº4 (2015), 051-084
Ó, J. do (2016). Para uma escrita académica inventiva: o legado da teoria social pós-moderna. In Walter Omar Kohan, S. & Martins, F. (Orgs). O ato de educar em uma língua ainda por ser escrita(pp. 313-326). Rio de Janeiro: Nefi
Vieira, C. (1999). A credibilidade da investigação científica de natureza qualitativa: Questões relativas à sua fidelidade e validade. Revista Portuguesa de Pedagogia, Ano XXXIII, 2, 89-116
Vilelas, J. (2009). Investigação - O Processo de Construção do Conhecimento. Lisboa: Edições Sílabo

Opções
Página gerada em: 2024-04-18 às 18:23:34 Última actualização: 2010-07-19