This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > MEPHGP203
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Didática da História e Geografia de Portugal

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - A

Código: MEPHGP203    Sigla: DHGP
Áreas Científicas: Didáticas Especificas
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
MEPHGP 7 Planos de Estudo 3,0 36 81,0

Nº de semanas letivas: 30

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Maria Pires PessoaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 0,80
Ana Maria Pessoa   0,40
Carlos Cruz   0,40

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

O programa de Didática da História e Geografia de Portugal incide particularmente sobre os aspetos curriculares da disciplina de História e Geografia de Portugal e é informado pelos diferentes documentos de organização e gestão curricular oficiais bem como por recomendações académicas específicas.
Pretende-se, no essencial, desenvolver as competências científicas já adquiridas no primeiro ciclo do curso de Educação Básica, nos domínios da História e da Geografia, de forma a aprofundar a construção de um perfil profissional nestas componentes específicas. Também se desenvolvem competências específicas nas áreas da didática da História e da Geografia, sobretudo vistas como componentes essenciais e identitárias não apenas à escala local, mas também à escala regional e local. Só elas permitem a amarração de saberes oriundos de diferentes áreas, que sem um nexo temporal e espacial se tornam ininteligíveis. Analisa-se o papel da educação histórica e da educação geográfica nos primeiros anos de escolaridade, com base nos pressupostos teóricos que sustentam as actuais orientações didácticas.Integram-se nas suas práticas as dimensões locativas e temporais, bem como a sua interpenetração numa perspectiva ecológica, e valorizam-se nestas mesmas dimensões os elementos dinâmicos a várias escalas. Planificam-se as experiências de aprendizagem necessárias à construção dos conceitos e ao desenvolvimento das competências específicas em História e Geografia, tendo em conta os recursos e o tempo disponíveis e as carcterísticas dos/as alunos/as do 1º e 2º CEB. Utilizam-se estratégias para a compreensão e análise das conexões entre os territórios períodos temporais, nomeadamente, o uso das tecnologias de comunicação e informação, a construção de objetos simples, o uso de modelos, a resolução de problemas e o debate e análise de casos reais, na ótica de um desenvolvimento sustentável. A partir das realidades que já conhecem e das observações que realizam, reflete-se sobre soluções originais e criativas na concepção dos planos de actividades, na elaboração de materiais pedagógicos e de instrumentos de avaliação, adequadas aos alunos. Pretende-se que as/os estudantes também conheçam metodologias das didáticas específicas da História e da Geografia, evidenciando o uso dos conhecimentos, capacidades e competências nas áreas da didática da História e da Geografia duma forma integradora. Compreende-se a estrutura organizativa e as lógicas das abordagens integradas no ensino/aprendizagem da História e da Geografia ao mesmo tempo que se mobilizam e integram conhecimentos, capacidades, atitudes e valores relevantes na conceção e planificação de atividades para o ensino/aprendizagem. Promove-se a autonomia e a capacidade de trabalhar em colaboração, seja na leitura e pesquisa de documentos teóricos seja na construção de recursos de aprendizagem adequados ao ensino da História e Geografia.

Conteúdos programáticos

Conceitos fundamentais
Organização e orientações curriculares para o ensino básico.
Organização do ensino/aprendizagem da História e da Geografia.
Aprendizagens essenciais da História e Geografia de Portugal.
Metodologias específicas das didáticas da História e da Geografia.
Metodologias integradoras no ensino/aprendizagem da História e da Geografia.
Métodos e técnicas de ensino: utilização de trabalho pesquisa, trabalho projeto, documentos áudio-scripto-visuais, numa perspetiva construtivista e de descoberta. Redes sociais e fontes/uso em História e Geografia.
Planeamento e prática docente: objetivos, conteúdos, estratégias de aprendizagem e recursos didáticos; avaliação do ensino e das aprendizagens; formas e instrumentos de avaliação
Conceção de projetos pedagógico-didáticos para o ensino integrado da História e Geografia de Portugal


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos programáticos centram-se na construção de uma estrutura integrada de abordagem às didáticas específicas da História e da Geografia. A História e a Geografia estão integradas de forma a evitar a partição entre a Geografia Humana e a Geografia Física e integrada e multidimensional com a História de maneira a fomentar o desenvolvimento de valores e atitudes de compreensão das complexidades histórico-geográficas e combater a tendência a realizar um ensino descritivo e desarticulado, entre áreas afins.
A importância dada ao planeamento, à prática docente e à sua avaliação evidencia a importância do apoio a dar aos alunos no seu percurso de aprendizagem e intervenção.

Metodologias de ensino

As aulas presenciais incluem exposição teórica, atividades de discussão e elaboração de atividades práticas sobre temas integradores da História e da Geografia de Portugal, sempre que possível de forma comparada sem negligenciar os fenómenos globais e sua territorialização.
Estão previstas as seguintes situações de aprendizagem: a) análise de textos e documentos variados; b) análise de cartografias mapas, imagens; c) análises de histórias locais e de personagens históricas; d) elaboração de resumos e comentários online; d) discussão sobre resultados recentes da investigação nas didáticas; e) planificação de atividades práticas destinadas a alunos do segundo ciclo, com ênfase em controvérsias histórico-geográficas; f) apresentação, discussão e autoavaliação das atividades, com análise crítica das suas potencialidades educativas.
O acompanhamento tutorial previsto refere-se ao apoio a cada estuante ou aos grupos na realização dos trabalhos e ao apoio individual sempre que necessário. Este acompanhamento será presencial e a distância.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

A metodologia adotada é centrada no estudante que se vê perante o desafio de usar conteúdos científicos e refletir sobre as planificações nas sessões de ensino/aprendizagem com as crianças com as quais irá trabalhar no período de observação e projetando-as ao longo da sua prática profissional. A diversidade de processos de trabalho, realçando a componente prática, visa conferir aos/às estudantes a oportunidade de construírem ou refletirem sobre planificações de sequências de aprendizagem adequadas aos alunos dos 1º e 2º ciclos do ensino básico, fundamentadas nas teorias que sustentas as perspetivas de abordagem à História e à Geografia de Portugal. Além disso, procura-se contribuir para uma adequada intervenção dos futuros professores na prática de ensino, apoiando-os na avaliação do processo de ensino-aprendizagem e na reflexão sobre as potencialidades educativas dessas práticas.

Metodologia e provas de avaliação

Como avaliação haverá dois produtos específicos:
- uma reflexão crítica, a entregar até ao final do 1º semestre, sobre as questões teóricas da didática da História e sobre os dados obtidos durante o período de observação em contexto - 50%
- uma reflexão crítica sobre as questões de didática da Geografia - 50%
Para cada uma das atividades será disponibilizado um documento orientador,a. distribuir em sessão presencial.

Regime de assiduidade

Vigoram todas as orientações previstas no Regulamento de Frequência e Avaliação (2023) da ESE/IPS e no Regulamento das Atividades Académicas e Linhas Orientadoras de Desempenho Escolar de Estudantes do Instituto Politécnico de Setúbal, disponível em:https://www.si.ips.pt/ese_si/legislacao_GERAL.ver_legislacao?p_nr=2576

Bibliografia

Dalongeville A. (2006). Enseigner l´Histoire à l´École. Hachette
Hayes, C. (2015). New complete geography Teacher’s Handbook. Routledge
Henriques, R. & Pintassilgo, J. (2013). Ensino da história e inovação pedagógica na transição para a democracia: Portugal, décadas de 1960 e 1970. Revista História Hoje, 2, (4), 125-148.
Jimenez, A. & Gaite, A. (1996). Enseñar Geografia: de la Teoria a la Práctica. Editorial Síntesis
Le Pellec, J. & Marcos Alvarez, V. (1991). Enseigner l´Histoire: Un métier qui s´apprend. Hachette Éducation.
Nóvoa (2022). Escolas e professores: Proteger, transformar, valorizar. SEC/IAT.
Pagès, J. (2009). Las Ciencias sociales, geografía e historia y el desarrollo de competencias ciudadanas. El Busgosu. Revista de Innovación Educativa, 8, 6-15
Postman, N. (2010). Se distraire à en mourir. Pluriel
Santos, L. (2000). O Ensino da história e a educação para a cidadania: concepções e práticas de professores. Instituto de Inovação Educacional
Thémines, J. (2006). Enseigner la Géographie: un métier qui s¿apprend. Hachette Éducation

Observações

No apoio bibliográfico são recomendadas muitas outras obras, sítios e materiais que são apresentados, em cada sessão, especificamente direcionadas para os temas nelas abordados.

Para estudantes com algum dos estatutos previstos nos Regulamentos de avaliação haverá direito a um tutoria, até 15 dias antes da data de realização de avaliação por exame, se essas for a única opção de avaliação possível.

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 12:41:58 Última actualização: 2010-07-19