This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > MP1C10015
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Didática de Educação de Infância II

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 2S

Código: MP1C10015    Sigla: DEI2
Áreas Científicas: Didáticas Específicas
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
MPE1C 31 Plano de Estudos 4,0 48 108,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Sofia Gago da Silva Corrêa FigueiraResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 3,20
Carina Rodrigues   1,07
Lara Custódio   1,06
Sofia Figueira   1,07

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A Unidade Curricular Didática da Educação de Infância II contempla o desenvolvimento de saberes integrados das áreas de didática da língua portuguesa e visa o aprofundamento dos processos de aquisição e desenvolvimento da linguagem pelas crianças, de didática das expressões que visa o desenvolvimento da expressividade e comunicação da criança através das linguagens e saberes artísticos e físico-motor, e a área da pedagogia e didática que visa a interrogação das relações entre os saberes pedagógicos e os conhecimentos didáticos.

Conteúdos programáticos

Didática da Língua Portuguesa
Questões teóricas gerais
1. Conhecimento linguístico e desenvolvimento da linguagem oral
1.1 Linguagem e aprendizagem – aquisição e desenvolvimento.
1.2 Marcos gerais do desenvolvimento linguístico.
1.3 Promoção do desenvolvimento da consciência linguística (aquisições fonéticas, lexicais, morfológicas e sintáticas).
1.4 Comunicação oral em contexto de creche.
1.5 Comunicação pré-verbal e verbal.
1.6 Promoção de práticas de comunicação verbal e não verbal em contexto de creche.
1.7 O papel do educador na promoção da comunicação oral
1.8 Ler dos 0 aos 3 anos - ambientes promotores da leitura.
1.9 Ambientes promotores da escrita em contexto de creche.

Educação Artística (música; dança; artes visuais; jogo dramático/teatro)
• Orientações curriculares para a Educação Artística
• Observação, experimentação e exploração das diferentes linguagens artísticas
• Potencialidades do corpo, da voz e das linguagens artísticas como recursos expressivos e comunicativos
• Desenvolvimento artístico na primeira infância e etapas do desenvolvimento psicomotor
• Intencionalidades educativas, planificação e avaliação formativa de propostas de aprendizagem

Pedagogia
O educador gestor do currículo que toma decisões na sua prática pedagógica.
Relação pedagógica e ambiente educativo.
Atividades integradoras na creche – o tempo e a participação da criança


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos dos tópicos explicitam um conjunto de questões específicas das intervenções pedagógico-didáticas para as quais se solicita a reflexão dos estudantes, baseada nos quadros teóricos de referência da pedagogia e das didáticas, o que constitui os dois grandes objetivos da UC: analisar e discutir, delinear e ensaiar as grandes questões emergentes na intervenção educativa.

Metodologias de ensino

Estratégias de gestão do programa
O programa organizar-se á em torno dos seus próprios conteúdos e será desenvolvido em estreita articulação com os estágios.

Acompanhamento tutorial
O acompanhamento tutorial, individual ou em grupo, consistirá na orientação e organização do estudo sobre as temáticas a aprofundar, para além do esclarecimento de dúvidas delas decorrentes. Poderá ser feito presencialmente ou a distância.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As aulas desta unidade curricular assumem caracter T/P havendo lugar a exposições, análise e discussão de textos e outros materiais, visando a sistematização conjunta de conclusões. A componente teórica visará a apresentação dos diferentes conteúdos e das linhas orientadoras para o aprofundamento e a estruturação das aprendizagens.
Privilegia-se uma metodologia que propicie a relação teoria/prática, assente no trabalho de pesquisa e reflexão, quer individual, quer em grupo. Pretende-se que os estudantes sejam capazes de planificar atividades pedagógicas integradoras, articulando as áreas do saber em presença, de forma a alimentar a prática profissional.
Com estes dispositivos e procedimentos pretende-se que os estudantes sejam capazes de discernir modalidades de intervenção pedagógico-didáticas adequadas ao contexto de creche, o que constitui o objetivo central desta UC.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação incide sobre uma produção académica que apresenta duas propostas alternativas:
A) Propostas de intervenção pedagógico-didática (B) Episódios ou situações de caráter pedagógico-didático observados e/ou vivenciados e selecionados pela sua pertinência de acordo com o Documento Orientador do trabalho final.

80% - Trabalho individual
20% participação nas aulas

Regime de assiduidade

Espera-se que cada estudante: (a) participe na discussão das questões em análise, bem como nos trabalhos propostos; (b) leia, analise e discuta os documentos propostos; (c) execute os produtos de avaliação solicitados, evidenciando, com clareza e rigor, os conhecimentos adquiridos; (d) se envolva no estudo/preparação para as várias atividades de avaliação.

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  0
  Total: 0

Bibliografia

Bassedas, E., Huguet, T., & Sole, I. (1996). Aprender e Ensinar na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed.
Custódio, L. (2005). Música no jardim-de-infância (1ª ed.). Porto: Âmbar
Freitas, M.J., Alves, D., & Costa T. (2007). O Conhecimento da Língua: desenvolver a consciência
fonológica. Lisboa: ME – DGlDC.
Gallahue, D., & Ozmun, J. (1995). Uderstanding Motor Development. (3ª ed.). USA: Brown & Benchmark.
Godinho, J. C. (1993). Educação musical (1.ª ed.). Setúbal: ESE de Setúbal.
Haywood, K.M., & Nancy, G. (2005). Desenvolvimento Motor ao Longo da Vida. Porto Alegre: Artmed.
Landier, J.-C.; Barret, G. (1994). Expressão Dramática e Teatro. Porto: ASA.
Libâneo, J. (2004). A didática e a aprendizagem do pensar e do aprender: a Teoria Histórico-Cultural da Atividade. Rev. Bras. Educ. [online]. 2004, n.27, pp. 5-24. Fonte PDF: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782004000300002&script=sci_ &tlng=pt.
Lino, D. et al. (2018). Modelos Pedagógicos para a Educação em Creche. Porto Editora;
Lust, B. (2006). Child Language: Acquisition and Growth. Cambridge: CUP.
Mutschen Carvalho, C. & Portugal, G. (2017). Avaliação em Creche. CRECHEndo com qualidade. Porto Editora;
Meirieu, P. (2002). A Pedagogia entre o Dizer e o Fazer: a coragem de começar. Porto Alegre: Artmed Editora.
Piaget, J. (1977). A linguagem e o pensamento da criança. Lisboa: Morais Editores.
Pires, M. (2007) Educador de Infância: teorias e práticas. Porto, Proedições
Rebelo, D. & Diniz, M. A. (1998). Falar contigo. Caminho, Lisboa.
Rodrigues, H. & Rodrigues, P. M. (2003). BebéBabá – Da musicalidade dos afectos à música com bebés. Porto: Campo de Letras
Sim-Sim, I. (1998). O desenvolvimento da linguagem. Lisboa: U.A.
Telmo, I. C. (1992). Linguagem Gráfica Infantil. Setúbal: ESE de Setúbal

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 12:58:26 Última actualização: 2010-07-19