This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > MPE10017
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Didática da Matemática e do Conhecimento do Mundo

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - A

Código: MPE10017    Sigla: DMCM
Áreas Científicas: Didáticas Específicas
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
MPE 25 Plano de Estudos_15_16 11,0 132 297,0

Nº de semanas letivas: 30

Responsável

DocenteResponsabilidade
Maria de Fátima Pista Calado MendesResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,40
Ana Alcântara   0,73
Maria de Fátima Mendes   1,47
Maria Teresa Elvas de Matos   1,47
Sílvia Ferreira   0,73

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Conhecer instrumentos conceptuais fundamentais das didáticas da Matemática e das Ciências (Naturais e Sociais), considerando o desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático das crianças em idade pré-escolar.
Enquadrar os fundamentos das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (OCEPE) no contexto do desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático.
Reconhecer a importância de situações experimentais, do jogo e de situações do quotidiano para o desenvolvimento do pensamento científico.
Mobilizar e integrar conhecimentos, capacidades, atitudes e valores relevantes na planificação de experiências de aprendizagem nas áreas da Matemática e das Ciências Naturais e Sociais.
Desenvolver a capacidade de análise da prática profissional do educador e promover a reflexão em torno de questões inerentes a essa prática, nomeadamente no que diz respeito às situações focadas no desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático.

Conteúdos programáticos

Desenvolvimento do sentido de número, do sentido espacial, da medida e da capacidade de organizar e analisar dados no pré-escolar:
- Noções matemáticas que suportam a evolução de cada criança a partir do que cada uma sabe e é capaz de fazer; marcos dessa evolução;
- Tarefas cujos contextos emergem do quotidiano das crianças e que articulam diferentes tópicos de
Matemática.
Desenvolvimento do conhecimento científico, das capacidades associadas aos processos científicos e das atitudes face às Ciências Sociais e Naturais:
Papel das atividades de exploração do meio próximo e distante: questionamento, observação, registo e análise de dados relativos às realidades sociais e naturais;
- Tarefas que envolvem experiências sensoriais, experiências de verificação/ilustração, atividades práticas, de intervenção e investigações.
Planeamento e avaliação de experiências e oportunidades educativas que integrem, articuladamente, as áreas do Conhecimento do Mundo e da Matemática.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

O principal objetivo da UC é suportar a construção do conhecimento didático do futuro educador. Por isso os seus conteúdos programáticos incidem nas questões chave das didáticas da Matemática e das Ciências Naturais e Sociais. Focam-se as primeiras aprendizagens associadas aos vários tópicos, os marcos da sua evolução e analisam-se materiais curriculares que podem suportar essas aprendizagens.
Destes, é dado destaque a tarefas integradoras, que permitem a articulação entre as áreas do Conhecimento do Mundo e da Matemática e a tarefas de exploração, que permitem o desenvolvimento do conhecimento científico e dos processos a ele associados.
A planificação e avaliação de experiências e oportunidades educativas de aprendizagem permitem ao futuro educador, tanto a mobilização e integração de conhecimentos, capacidades e atitudes relevantes, como a reflexão sobre situações que promovem o desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático das crianças.

Metodologias de ensino

O trabalho a desenvolver privilegiará a participação ativa dos estudantes procurando o aprofundamento de conhecimentos relativos às temáticas abordadas. As atividades a realizar incluirão: discussão de textos; exploração e análise crítica de materiais curriculares e análise e construção/adaptação de propostas didáticas que articulem as áreas da Matemática e das Ciências. O acompanhamento tutorial visará a orientação do estudo, o esclarecimento de dúvidas e a monitorização dos trabalhos a realizar. Poderá ser feito presencialmente e a distância, via plataforma Moodle.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As aprendizagens esperadas incluem os seguintes aspetos: usar adequadamente as atuais Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar relativas à Matemática e ao Conhecimento do Mundo; mobilizar conceitos associados às Didáticas da Matemática e das Ciências; revelar uma atitude crítica e fundamentada na análise de episódios no contexto do Jardim de Infância e usar criticamente os conhecimentos adquiridos na construção/adaptação de propostas didáticas que contribuam para o desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático das crianças. Assim, serão desenvolvidas atividades de discussão de textos focados no desenvolvimento do conhecimento do mundo e do pensamento matemático de crianças do Jardim de Infância; de exploração e análise crítica de tarefas e materiais e de adaptação de tarefas e indicações sobre o modo de as explorar que refletem as OCEPE, no que se refere às áreas do Conhecimento do Mundo e da Matemática.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação incidirá sobre o trabalho desenvolvido ao longo da UC e será um processo continuado de regulação retroativa que contemplará momentos de trabalho individual e de grupo e atividades de expressão escrita e oral. A avaliação contínua inclui os seguintes elementos e respetivas ponderações: participação nas aulas (10%); análise crítica de episódios em contexto de creche, relacionados com a Matemática e as Ciências (2x15%); Descrição e análise de uma atividade observada ou vivenciada no contexto do estágio em creche (15%); planificação de uma tarefa integradora, descrição e análise da sua exploração em contexto de estágio em jardim-de-infância (45%).
Durante a primeira semana de aulas, as estudantes devem contactar a docente responsável pela UC, a fim de indicarem por qual das modalidades, avaliação contínua ou exame final, optam. Caso escolham o exame final podem, tal como as restantes estudantes, acompanhar as atividades realizadas pela página da UC na plataforma moodle e colocar as suas dúvidas aos docentes.

Regime de assiduidade

Em alternativa à avaliação contínua, as estudantes podem fazer um exame final. Durante a primeira semana de aulas, as estudantes devem contactar a docente responsável pela UC, a fim de indicarem por qual das modalidades optam. Caso escolham o exame final podem, tal como as restantes estudantes, acompanhar as atividades realizadas pela página da UC na plataforma moodle e colocar as suas dúvidas aos docentes. Excetuam-se os casos dos estudantes com estatutos especiais, que devem contactar os docentes nas primeiras aulas, para que sejam encontradas formas alternativas de frequência.

Bibliografia

Cardona, M. J.& Guimarães, C. (2012). (Org.). Avaliação na educação de infância. PsicoSoma.
Castro, J. & Rodrigues, M. (2008). Sentido do número e organização de dados: Textos de apoio para Educadores de Infância. DGIDC. https://www.esev.ipv.pt/mat1ciclo/textos/sent_num_net.pdf
Fosnot, C. & Dolk, M. (2000). Young mathematicians at work: Constructing Number Sense. Heinemann.
Marchão, A. (2012). No jardim-de-infância e na escola do 1.º ciclo do ensino básico. Gerir o currículo e criar oportunidades para construir o pensamento crítico. Edições Colibri.
Mendes, F. & Delgado, C. (2008). Geometria: Textos de apoio para Educadores de Infância. DGIDC. https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/5143/1/Geometria_Txs_apoio_p_educ_infancia.pdf
Martins, I. et al. (2009). Despertar para a Ciência: atividades dos 3 aos 6. ME. https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EInfancia/documentos/despertar_para_ciencia.pdf
Reis, P. (2008) Investigar e descobrir: Atividades para a Educação em Ciência nas Primeiras Idades. Ed. Cosmos.
Seefeldt, C., Castle, S. & Falconer, R. (2013). Social studies for the Preschool/Primary Child. Pearson.
Silva, I.; Marques, L.; Mata, L. & Rosa, M. (2016). Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar. ME-DGE. https://www.dge.mec.pt/ocepe/sites/default/files/Orientacoes_Curriculares.pdf
Vasconcelos, T. (coord.). (2012). Trabalho por projetos na Educação de Infância: mapear aprendizagens/integrar metodologias. DGE. https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EInfancia/documentos/trabalho_por_projeto_r.pdf
http://www.casadasciencias.org/
http://www.cienciaviva.pt/home/

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 14:08:54 Última actualização: 2010-07-19