This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > PAA08
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

História Contemporânea e dos Media

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 2S

Código: PAA08    Sigla: HCM
Áreas Científicas: História e Arqueologia
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
PAA 16 Plano de Estudos 4,0 30 108,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Maria Pires PessoaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 2,00
Ana Teixeira   2,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Conhecer e compreender, de uma forma problematizadora, a realidade contemporânea nacional;
Compreender e avaliar, de forma crítica, a integração regional e mundial da História Contemporânea portuguesa;
Mobilizar conhecimentos do passado recente, numa perspectiva crítica, bem como a compreensão de que aquele condiciona o presente e o futuro;
Mobilizar literacias múltiplas na abordagens dos temas históricos bem como dos fenómenos do mundo atual, revelando conhecimentos básicos nas várias áreas do conhecimento social, científico, artístico e tecnológico;
Distinguir os discursos do senso comum e da ciência histórica compreendendo as suas relações;
Desenvolver capacidades para utilizar os conhecimentos da História Contemporânea na intervenção cívica e social e na relação com os Media;
Conhecer a evolução e o papel dos media na construção da História Contemporânea.
Identificar as condições de interpelação entre a História Contemporânea e so Média.
Conhecer a História de todos os Média (do livro, à imprensa, à fotografia, ao cinema, à rádio, à televisão, aos novos Média e Agências de Notícias).
Entender a relação entre os média e contextos de produção dos mesmos.
Saber ler os média nas suas diversas vertentes.

Conteúdos programáticos

A revolução liberal e os Media
1.1. Antigo Regime e revolução liberal - continuidade e rutura.
1.2. A imprensa no séc. XIX
1.3. Do liberalismo monárquico à queda da monarquia constitucional.
2. O regime republicano
2.1. A República numa Europa monárquica.
2.2. A imprensa e o regime – convivência e confronto.
3. O Estado Novo e os Media
3.1. Organização e evolução.
3.2. Imprensa, rádio, televisão, cinema, fotografia – censura e cultura do regime
4. Os Media e o 25 de abril 1974 – revolução e ruturas
4.1. Imprensa nacional e regional
4.2. Do amadorismo das rádios pirata à internet
4.3. Televisão - técnica, cultura, cidadania, expansão e impacto social. Do serviço público aos canais privados e à televisão global
4.4. Meios de comunicação e cibermedia – produção e utilização
4.5. Meios de comunicação e cidadania: os média e as tecnologias ao serviço de uma sociedade democrática e pluralista.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Esta UC, enquanto parte integrante deste Curso tem de criar, de uma forma global e geral, o contexto em que se insere a profissão.
Conhecer as diversas épocas históricas da contemporaneidade e relacionar as diversas histórias dos diversos media com tais tempos é pois uma das finalidades desta UC.
A utilização constante e quotidiana de diversos tipos de média exige que estes sejam vistos em relação com cada época em que foram criados e nas quais exercem influência e, em algumas, tornam-se hegemónicos. Saber ler os média, a partir da história de cada um deles em relação com as épocas históricas em que foram ganhando protagonismo, é fundamental para um conjunto de estudantes de uma área em que os média são usados mas nem sempre pensados.

Metodologias de ensino

As sessões presenciais decorrem sempre em dois tempos: reflexão sobre uma temática abordada em cada sessão e apoio a trabalho de intervenção a realizar ao longo do semestre.
Há textos teóricos que são apresentados em sessão presencial e que, posteriormente, são objeto de reflexão, por escrito, para trabalho fora das aulas.
A realização de um trabalho académico na área da História dos Média, em sessões presenciais, exige um acompanhamento constante da professora aos diferentes grupos de trabalho. Em simultâneo, desenvolvem-se um conjunto de competências na área da investigação que serão fundamentais para estes estudantes, na sua vida profissional na área da produção audiovisual.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Unir trabalho teórico de contextualização da história dos diversos media e as produções, de investigação, que cada grupo de dois estudantes elaboram, é a estratégia mais adequada a este tipo de Uc e de conhecimentos que pretende desenvolver.
A ligação entre História Contemporânea e a História dos Média permite que as/os estudantes compreendam que, para além das competências de manuseamento e criação de produtos multimédia, a contextualização dessas produções no meio socio-político, económico e cultural é de primordial importância para compreender o mundo aual.

Metodologia e provas de avaliação

Para atingir os fins enunciados a avaliação reveste-se de formas diversas:
- produção de pequenos textos antes ou em cada sessão presencial
- anotações diárias sobre temas abordados em sala de aula; este ano, caad estudantes tem de apresentar uma reflexão por sessão presencial. Todas serão classificadas e avaliadas mas, no final, apenas 5 serão objeto de inclusão na classificação final.
- realização de uma visita de estudo, obrigatória, a um espaço, em Lisboa, adequado ao tema base da UC: a ligação entre a História Contemporânea e a História dos Média. Neste ano, a visita é feita em duas partes: uma de pesquisa e outra presencial.
-realização de um trabalho de investigação, em pequeno grupo, sobre a História de um média - realização da pesquisa e concretização em sala de aula + competências na área de trabalho em grupo + percurso de investigação.
-Intervenção oral e crítica durante as apresentações dos trabalhos finais realizados- heteroavaliação de cada trabalho/interveniente.
A cotação é a seguinte:
trabalho em grupo - 55% + aulas 15% + visita estudo 30%

Regime de assiduidade

Estudantes têm de ter presença regular nas sessões. Os trabalhos realizados em sessões presenciais têm de ser elaborados em sala de aula. O percurso e a consecução são avaliáveis em simultâneo.
No caso dos trabalhadores/as-estudantes é possível a negociação de uma intervenção adicional sobre um tema da história de outro media diferente daquele que elaboraram em pequeno grupo.

Bibliografia

Disponibilizada bibliografia específica em cada sessão, por temas e objetos de trabalho a realizar. Cada sessão tem um conjunto de materiais entregues no final da mesma.
Geral:Cabrera, A. (2006) - Marcello Caetano: poder e imprensa. Lisboa: Livros Horizonte.
FÉRIN, I. (2002) – Comunicação e culturas do quotidiano. Lisboa: Quimera.
LEMOS, Mário M. (2006) - Jornais Diários Portugueses do Século XX: Um Dicionário. Coimbra: CEIS XX,Ariadne Ed.
Mattoso, J. (coord.) (1994). História de Portugal. Lisboa: Círculo de Leitores.
Ramos, R. (Coord.) (2011). História de Portugal. Lisboa: A Esfera dos Livros.
Rosas, F. (2013) – Salazar e o poder: a arte de saber durar. Lisboa: Tinta-da-China.
Silva, Elsa C. (2004). Os Donos da notícia: concentração da propriedade dos Media em Portugal. Porto: Porto Editora
e ainda:
Gombrich, E. H. (1935/2005). A little history of the world.
https://www.researchgate.net/file.PostFileLoader.html?id...assetKey...

Hobsbawm, Eric (1994) The Age of Extremes: The Short Twentieth Century, 1914–1991. https://libcom.org/files/Eric%20Hobsbawm%20-%20Age%20Of%20Extremes%20-%201914-1991.pdf
Hobsbawm, Eric (2002). Interesting Times: A Twentieth-century Life. N York: Pantheon Books.
Hobsbawm, E. & Ranger, T. ed. (1983). The Invention of Tradition. Cambridge: Cambridge University Press.
Judt, T. (2008). Reappraisals: Reflections on the Forgotten Twentieth Century. New York: Penguin Books.
Loomba, A. (1998/2005) – Colonialism/postcolonialism.
http://samples.sainsburysebooks.co.uk/9781134267866_sample_497169.pdf
Maalouf, A. (2000). In the Name of Identity: Violence and the Need to Belong. New York: Penguin Books.

Ramos R.; Sousa, B. V.; Monteiro, N. (2011). História de Portugal. Lisboa: A Esfera dos Livros.

Santos, B. (2002) O Mundo na Era da Globalização. Lx: Presença.

Sardica, José Manuel (2011). O Século XX português. Lisboa: Texto.

Sen, A. (2006). Identity and Violence: The Illusion of Destiny. New York: W. W. Norton & Company. https://books.google.pt/books?id=zSqBAAAAQBAJ&printsec=frontcover&hl=pt-PT&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false
Zweig, S. Stefan (1942/1964). The world of yesterday. Nebraska: U of Nebraska Press.

Opções
Página gerada em: 2024-06-13 às 02:50:04 Última actualização: 2010-07-19