This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > PG_EE11
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Intervenção em Necessidades Educativas Especiais no Domínio Cognitivo

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2023/2024 - 2S

Código: PG_EE11    Sigla: INEDC
Secção/Departamento: Ciências Sociais e Pedagogia

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
PG_EE 24 Plano de estudos_14 5,0 20

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Luísa Manuela da Costa Ramos de CarvalhoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 1,33
Gina Lemos   1,33

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

No fim da UC, o/a formando/a será capaz de: 1. Reconhecer o compromisso com a inclusão e as opções metodológicas da abordagem multinível e o Desenho Universal para a Aprendizagem como indispensáveis à Educação Inclusiva; 2. Descrever, selecionar e fundamentar as medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão; 3. Descrever modelos, estratégias e programas de intervenção no âmbito dos perfis específicos estudados na UC Avaliação em Necessidades Educativas Especiais no Domínio Cognitivo; 4. Construir planos de intervenção adequados à criança/jovem e seus contextos significativos; 5. Reconhecer o valor e a importância do trabalho desenvolvido no contexto da Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva (EMAEI).

Conteúdos programáticos

1. Compromisso com a inclusão e opções metodológicas: Abordagem multinível e Desenho Universal para a Aprendizagem
2. Medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão
3. Modelos, estratégias e programas de intervenção no âmbito dos perfis específicos com enfoque no domínio cognitivo (estes e outros que se considerem pertinentes e oportunos para o grupo em causa): défices intelectuais, perturbação do espectro do autismo, perturbação de hiperatividade e défice de atenção, perturbações específicas da aprendizagem (na leitura, na escrita, na matemática), sobredotação e altas habilidades


Metodologias de ensino

As aulas desta UC organizam-se em sessões presenciais, onde é privilegiado o recurso a técnicas de aprendizagem ativas, que envolvam os/as formandos/as em tarefas de pensamento crítico sobre as suas práticas pedagógicas. As técnicas pedagógicas são passíveis de serem exploradas em atividades individuais (e.g. diário de bordo, quizz), participativas (e.g. questionamento, mapa concetual partilhado), e colaborativas (e.g. grupos de discussão/fóruns, estudos de caso, construção de materiais de e para a aprendizagem, portefólio). As horas de trabalho autónomo constituem os momentos dedicados ao processo individual de desenvolvimento de competências transversais (e.g. processamento e análise de informação, raciocínio, resolução de problemas, metacognição, pensamento crítico, pensamento criativo, autorregulação) aplicadas aos conteúdos trabalhados nesta UC.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC


Metodologia e provas de avaliação

A avaliação contínua baseia-se na análise de:
a) Um registo desenvolvido em grupo (que contribui com 40% para a classificação final);
b) Uma partilha desenvolvida em grupo e apresentada/discutida em contexto de turma (que contribui com 60% para a classificação final); e
c) Cinco Diários de Bordo individuais (um por aula).
São considerados os seguintes critérios de avaliação: rigor e riqueza, linguagem afirmativa/ comunicação positiva, clareza da informação e linguagem, registo semanal no diário de bordo, adequação dos recursos de apoio criados e utilizados, gestão do tempo.

A avaliação sumativa consiste num exame escrito, cujo resultado corresponde à classificação final.

Regime de assiduidade

De acordo com a regulamentação prevista.

Bibliografia

Alves, I., Pinto, P. C., Pinto, T. J. (2020). Developing inclusive education in Portugal: Evidence and challenges. Prospects, 49, 281-296. https://doi.org/10.1007/s11125-020-09504-y
Kauffman, J. M. (2020). On educational inclusion: Meanings, history, issues and international perspectives. Routledge.
Mitchell, D., & Sutherland, D. (2020). What really works in special and inclusive education: Using evidence-based techniques. Routledge. https://doi.org/10.4324/9780429401923
Pereira, F. (Coord.) (2018). Para uma educação inclusiva: Manual de apoio à prática. Ministério da Educação/ Direção-Geral de Educação. Disponível em http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/EEspecial/manual_de_apoio_a_pratica.pdf
Schuelka, M. J., Johnstone, C. J., Thomas, G., & Artiles, A. J. (2019). The SAGE handbook of inclusion and diversity in education. Sage Publishing.

A docente disponibiliza na plataforma moodle todos os recursos que servem de apoio às sessões.

Opções
Página gerada em: 2024-06-25 às 13:25:55 Última actualização: 2010-07-19