This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > CL0003
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Ciência, Tecnologia e Sociedade

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2017/2018 - 2S

Código: CL0003    Sigla: CTS
Áreas Científicas: Ciências da Natureza
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LGP 6 Plano de Estudos 5,0 60 135,0
LGPN Plano de Estudos 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Maria Leonor da Graça SaraivaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Leonor Saraiva   0,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Revela uma atitude científica sobre a realidade.
Avalia o impacto da actividade tecnológica no ambiente e a necessidade de minimizar os prejuízos ambientais.
Identifica, recolhe e selecciona informação reconhecendo a credibilidade das fontes.
Problematiza as interacções CTS.
Mobiliza dados da literatura científica e técnica.
Analisa os impactos sociais da C&Tna qualidade de vida dos indivíduos.
Integra os valores ecológicos e éticos no seu discurso.

Conteúdos programáticos

Ciência, Tecnologia e problemas do quotidiano.
A natureza da Ciência e da Tecnologia: características da atividade científica.
Interacções CTS – questões ambientais; problemas da biomedicina; circulação da informação.
Origens e evolução do conhecimento científico.
A fundação da ciência moderna.
Crises e controvérsias nas ciências físico­naturais.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

As aulas presenciais incluem exposição teórica de temas, elaboração de atividades práticas sobre problemas
atuais relacionados com os assuntos indicados nos conteúdos programáticos e a participação em seminários
com especialistas para aprofundamento de temas pertinentes e do interesse dos alunos. Estão previstas as
seguintes situações de aprendizagem: a) Leitura e compreensão de textos e documentos variados; b)
Elaboração de resumos e comentários em foruns on­line; c) Discussão orientada de temas; d) Análise de casos
a partir das interações CTSA; e) Análise e argumentação sobre controvérsias científicas, em seminário f)
Recolha, seleção e análise de dados e informação; g) Simulações com desempenho de papéis.
A avaliação é contínua e incide sobre os processos e produtos de trabalho dos estudantes. A classificação
será obtida pelos seguintes pesos relativos: teste 40%; trabalhos de grupo 40%; participação individual 20%

Metodologias de ensino

As aulas presenciais incluem exposição teórica de temas, elaboração de atividades práticas sobre problemas atuais relacionados com os assuntos indicados nos conteúdos programáticos e a participação em seminários com especialistas para aprofundamento de temas pertinentes e do interesse das/os estudantes. Estão previstas as seguintes situações de aprendizagem: a) Leitura e compreensão de textos e documentos variados; b) Elaboração de resumos e comentários em foruns on-line; c) Discussão orientada de temas; d) Análise de casos a partir das interações CTSA; e) Análise e argumentação sobre controvérsias científicas, em seminário f) Recolha, seleção e análise de dados e informação; g) Simulações com desempenho de papéis. Estão, ainda, previstas sessões de trabalho no terreno que correspondem a visitas de estudo a exposições sobre temas científicos ou a centros de ciência.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias de ensino centram-se na atividade da/o estudante, tendo em consideração a sua formação para a literacia científica, vista não só como a apropriação de conceitos científicos básicos, mas também como a aquisição de instrumentos de análise crítica sobre a realidade que facilitem a intervenção cidadã. Privilegia-se a realização de atividades práticas e a abordagem e a discussão de temas científicos e sócio científicos que evidenciem a construção do conhecimento científico e tecnológico e as interações que estabelecem com a sociedade. A diversidade de fontes e processos de pesquisa documentais, bem como a discussão de temas em fóruns online e/ou através de simulações com desempenho de papéis, constituem poderosas ferramentas metodológicas para atingir os objetivos enunciados.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação é contínua e incide sobre os processos de trabalho postos em prática durante as atividades das sessões de contacto. O trabalho autónomo realizado pelos alunos será evidenciado nas atividades das horas de contacto.
A avaliação sumativa incidirá sobre um teste individual escrito, os trabalhos em grupo e a participação efetiva e de qualidade nas sessões de contacto, evidenciada pela elaboração de um mínimo de 80% das atividades propostas.
A classificação será obtida pelos seguintes pesos relativos: teste 40%; trabalhos de grupo 40%; participação individual 20%.
As/os estudantes que não participem no regime de avaliação contínua, realizarão um exame final elaborado nos moldes dos testes da unidade curricular.

Bibliografia

Allègre, C (2005). Um pouco de Ciência para todos. Lisboa: Gradiva
Bryson, B. (2004). Breve história de quase tudo. Lisboa: Quetzal Editores.
Carvalho, R. (1995). A Física no Dia-a-Dia. Lisboa: Relógio d´Água.
Coutinho, A. (2005). Ora então, vamos à vida! In Lago, Teresa e outros (2005). Despertar para a Ciência. As Conferências de 2003. Lisboa: Gradiva.
Fiolhais, C., & Marçal, D. (2012). Pipocas com telemóvel e outras histórias de falsa ciência. Lisboa: Gradiva.
Rutherford, F. & Ahlgren, A. (1995). Ciência para Todos. Lisboa: Gradiva.
Santos, F. D. (2007). Que futuro? Ciência, tecnologia, desenvolvimento e ambiente. Lisboa: Gradiva.


Revistas (consulta através da b-on): Science, Nature
http://scientificamericam.com – revista online Scientific American
http://nasa.gov – sítio da NASA
http://www.casadasciencias.org

Observações

Em todas as sessões presenciais teórico-práticas a assiduidade desejável é de 75%. Nas sessões de orientação tutória a assiduidade obrigatória é de 90%. As sessões teóricas não exigem frequência obrigatória, à exceção daquelas em que decorrerão os seminários, sendo também necessário o acompanhamento das atividades através da página da UC na plataforma interativa moodle.
As/os estudantes com estatuto especial só precisam de estar presentes em 50% das aulas, desde que acompanhem as atividades. Estes estudantes deverão negociar com o docente a concretização da avaliação conforme o estipulado no Regulamento de Frequência e Avaliação (nº 2 do art. 11º).

Opções
Página gerada em: 2024-05-18 às 07:58:30 Última actualização: 2010-07-19