This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > CS100006
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

História dos Media

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2020/2021 - 1S

Código: CS100006    Sigla: HM
Áreas Científicas: Ciências da Comunicação
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
CS 57 Plano de Estudos a partir de 2014 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Maria Pires PessoaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Ana Maria Pessoa   4,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

O conhecimento, a divulgação e a produção de informação teórica e prática sobre a criação, desenvolvimento e
produção da História de cada meio de comunicação é o objetivo que se concretiza em quatro eixos: Conhecer,
Organizar, Pensar, Produzir. O aprofundamento teórico actualizado das temáticas alimenta as discussões nas
aulas em seminário e o trabalho dos(as) estudantes de Comunicação Social (obrigatória) e de Língua Gestual
Portuguesa (para quem é opcional). Identificar as condições de criação e evolução dos diversos media, refletir
sobre a genealogia de sua construção e problematizar os diversos contextos e mutações de desenvolvimento
dos media, numa perspetiva diacrónica e sincrónica assim como são produzir conhecimento original na área da
produção da história de media e conhecer e por em prática procedimentos de trabalho em equipa, sendo capaz
de assumir diferentes papéis sociais são outros dos objetivos da UC aos quais se acrescenta a prática da
honestidade intelectual.

Conteúdos programáticos

1. A Imprensa no Ocidente
1.1. Do livro à imprensa periódica
1.1.1. A imprensa no século XIX
1.1.2. República e Estado Novo
1.2. Imprensa escrita e impacto audiovisual e electrónico
1.2.1. Imprensa após o 25 de Abril 1974 – semanários, diários, gratuitos
1.2.2. Imprensa regional
1.2.3. Panorama actual
1.2.4. História da fotografia e do cinema
2. História dos meios de comunicação social no Ocidente
2.1. A rádio – do amadorismo à Internet
2.1.1. Período democrático e evolução da rádio
2.1.1.1. Das “rádios pirata” ao panorama actual
2.2. A televisão
2.2.1. Expansão e impacto social
2.2.2. História da televisão em Portugal – técnica, cultura e cidadania
2.2.2.1. Do serviço público, dos canais privados e da televisão por pacotes
3. Meios de comunicação e cibernética
3.1. Comunicação em rede – Internet: cibermedia – produção, utilização e cidadania
4. Meios de comunicação e cidadania
4.1. Democracias e comunicação
4.2. Casos mediáticos - história e análise de casos em diferentes suportes.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

As sessões presenciais são de diversos tipos: teóricas de contextualização e introdução a conceitos e
temáticas fundamentais e gerais; práticas em que se estudam textos e documentários considerados
importantes para a formação na área quer metodológica de investigação em História dos Media quer de
reflexão sobre a atualidade do cinema e televisão; realização de uma visita de estudo a locais de interesse para História dos Media (Hemeroteca, Arquivo RTP, Museu da Rádio…) e orientação de produção de textos e produtos em suportes diversos para apresentação dos resultados das visitas de estudo e para apresentação pública de trabalhos. A organização e a produção da história de um jornal faz parte do desenvolvimento de competências investigativas gerais. Os contactos com estudantes também são feitos através de dois tipos de tutoria: presencial e através da Plataforma Moodle e por correio eletrónico. No presente ano académico as tutorias são feitas também em sessão Zoom.

Metodologias de ensino

As sessões presenciais são de diversos tipos: teóricas de contextualização e introdução a conceitos e temáticas fundamentais e gerais; práticas em que se estudam textos e documentários considerados importantes para a formação na área quer metodológica de investigação em História dos Media quer de reflexão sobre a atualidade do cinema e televisão; realização de uma visita de estudo a locais de interesse para História dos Media (Hemeroteca, Arquivo RTP, Museu da Rádio…) e orientação de produção de textos e produtos em suportes diversos para apresentação dos resultados das visitas de estudo e para apresentação pública de trabalhos. A organização e a produção da história de um jornal faz parte do desenvolvimento de competências investigativas gerais. Os contactos com estudantes também são feitos através de dois tipos de tutoria: presencial e através da Plataforma Moodle e por
correio eletrónico.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Como se pretende que as(os) estudantes conheçam a história de diferentes media e sobre ela reflitam, é necessário organizar as aulas de forma a que tais objetivos sejam alcançados: dessa forma, as sessões em seminário e teóricas servem para colocar as questões gerais, organizadoras do pensamento; as visitas de estudo servem para promover a autonomia e a capacidade de conhecer e identificar formas diversas de ter acesso a História de alguns media; a realização de relatórios dessas visitas serve para desenvolver as capacidades de síntese e de apresentação pública de resultados; a realização da história de um jornal (desde investigação teórica sobre metodologias à produção de um artigo) é fundamental para conhecer os mecanismos subjacentes à investigação em História dos Media.
No presente ano académico duas alterações foram introduzidas:
a visita de estudo é feita ao Museu das Comunicações, em Lisboa, em regime presencial, em quatro grupos divisíveis em dois, em cada sessão.
O trabalho de realização da história de um jornal é substituído por um trabalho, em grupo, sobre a história de cada um dos seguintes média: livro e leitura; imprensa e censura; fotografia; rádio; cinema; televisão, agências de notícias; profissões dos média; novos média.

Metodologia e provas de avaliação

A participação nos trabalhos práticos realizados terá 10 % da avaliação.
A visita de estudo obriga a presença e o relatório final de reflexão é cotado em 40%.
Este ano visita-se o Museu das Comunicações, em Lisboa.
A história de um média tem duas componentes: a que é entregue on line (e que corresponde à recolha dos dados, elaboração do trabalho...) vale 20%. O texto sobre a história de cada média é cotado em 30%.


Regime de assiduidade

Avaliação contínua exigindo a presença em sessões Zoom. A visita de estudo é obrigatória assim como a realização do trabalho de investigação da história de um média.

Bibliografia

Dadas as circunstâncias do presente ano académico, são facultadas referências sobretudo disponíveis em linha. Por ordem de referência, são abordados os seguintes documentos:
Cádima, R. (). História, tempo e Media
http://www.bocc.ubi.pt/pag/cadima-historia-tempo-media.pdf
Nogueira, L. (s.d.). Abordagem teórica dos média.
http://bocc.ubi.pt/~fidalgo/historiamedia/nogueira-historia-media-meios.pdf
Lois, J. R. (2018) Harold Innis: a história dos meios como história da cultura.
https://medium.com/@jornalismoespm2017.1/harold-innis-a-história-dos-meios-como-história-da-cultura-ee2f87d0304f
Martins, M.A. L. (2020). A teoria na História dos Média. Revista Brasileira de História da Mídia. 9 (1), 163-182. Doi https://doi.org/10.26664/issn.2238-5126.91202010812
Arquivo de Memória Oral das Profissões da Comunicação
Guerreiro, A. D. (2014). História Breve dos meios de comunicação: Da imanência pensante à sociedade em rede. Lisboa: EDLARS.
https://recil.grupolusofona.pt/bitstream/10437/9487/1/História%20Breve%20dos%20Meios%20de%20Comunicação%20%282ª%20Edição%202018%29_Augusto%20Deodato%20Guerreiro%20na%20Amazon_Espanha.pdfCAGÉ, Julia (2016) – Salvar os media: capitalismo, financiamento participativo e democracia . Lisboa: Temas & Debates; Círculo de Leitores.
[Para os casos mediático, em diversos suportes, apresenta-se apenas um, a título de exemplo. Os outros podem ser consultados na Plataforma Moodle da UC]:
Era uma vez um arrastão (2005), https://www.youtube.com/watch?v=_h5OjSY_sqk

Opções
Últimas Notícias
Horários 2º sem. 20/21 e plano de regresso ESE/IPS | atualização 16 abril 2021
Aula Aberta | O exercício crítico da programação.
Aula Aberta | O Papel da Tecnologia no Suporte ao Envelhecimento Ativo e ao Cuidador Informal
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Pré-Requisitos 2021/2022 - Calendário
Página gerada em: 2021-04-17 às 12:57:23 Última actualização: 2010-07-19