This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > CS200012
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Teoria e Modelos da Comunicação

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2020/2021 - 2S

Código: CS200012    Sigla: TMC
Áreas Científicas: Ciências da Comunicação
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
CS 40 Plano de Estudos a partir de 2014 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Lídia Soraya Barreto MarôpoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Lídia Marôpo   4,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Ao final da UC os estudantes devem estar aptos a:

- Compreender os objetos de estudo das teorias da comunicação.
- Refletir criticamente sobre a comunicação mediada a partir de diferentes pontos de vista: produção, conteúdo e receção.
- Caraterizar as principais teorias da comunicação mediada e o seu contexto histórico, científico e tecnológico.
- Analisar criticamente os media (novos e tradicionais), levando em consideração os seus papéis nas sociedades contemporâneas e os seus efeitos sociais, políticos e económicos.
- Reconhecer conceitos introdutórios da cultura digital.
- Aplicar teorias e conceitos a um projecto exploratório de investigação em comunicação.

Conteúdos programáticos

- Os objectos de estudo das teorias da comunicação: processos comunicacionais e meios de comunicação.
- A comunicação mediada sob diferentes pontos de vista: estudos sobre a produção, conteúdo e recepção dos media.
- A perspetiva dos efeitos ilimitados dos media: teoria hipodérmica e desdobramentos.
- A perspetiva dos efeitos limitados dos media: a teoria do two-step flow of communication, os estudos psicológicos da persuasão, o funcionalismo americano e a hipótese dos usos e gratificações.
- A perspetiva tecnológica dos media: 'o meio é a mensagem'.
- A perspetiva dos efeitos cognitivos dos media: agenda-setting.
- A perspetiva crítica dos media: Escola de Frankfurt e Estudos Culturais.
- Mudança de paradigma: da comunicação de massa à comunicação em rede ou uma introdução às culturas digitais.
- Desenvolvimento de um projeto exploratório de investigação.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos programáticos são apresentados numa perspetiva social e histórica e permitem aos estudantes perceber as principais teorias da comunicação de forma reflexiva, ao mesmo tempo que aprendem a aplicá-las na análise crítica dos media no contexto atual e num projeto exploratório de investigação em comunicação.

Metodologias de ensino

As sessões são centradas em exposição de conceitos, debates presenciais e em exercícios práticos. Os estudantes são convidados a participar em atividades em todas as aulas e apresentam regularmente os resultados dos trabalhos que realizam.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias de ensino equilibram aulas expositivas e participativas com o intuito de garantir a compreensão das teorias abordadas e a sua aplicabilidade crítica na análise de casos concretos.

Metodologia e provas de avaliação

O trabalho desenvolvido na UC será objeto de avaliação contínua e sumativa implicando:

a) Teste de aferição: 40%
b) Trabalhos de participação em grupo: 20%
c) Trabalho final em grupo: 40%

A avaliação também pode ser feita por exame.

Bibliografia

Bollmer, G. (2018). Theorizing Digital Cultures. Los Angeles: Sage.
Esteves, J. P. (2011). Sociologia da Comunicação. Lisboa: F. C. Gulbenkian.
Firsk, J (1993). Introdução ao Estudo da Comunicação. Porto: Edições Asa.
Griffin, E. (2012). A First Look at Communication Theory. Nova Iorque: McGraw-Hill.
Mattelard, A.; Mattelard, M. (2002) - História das Teorias da Comunicação. Porto: Campo das Letras.
Mattelart, A. e Neveu, E. (2006). Introdução aos Cultural Studies. Porto: Porto Editora
McLuhan, M. (2006). Os Meios de Comunicação como Extensões do Homem. São Paulo: Cultrix.
McQuail, D. (2003). Teorias de Comunicação de Massas. Lisboa: F. C. Gulbenkian.
Santos, J. R. (1992). O Que é Comunicação. Lisboa: Difusão Cultural.
Serra, J.P. (2007). Manual de Teoria da Comunicação. Covilhã: Labcom.
Sousa, J. P. (2006). Elementos de Teoria e Pesquisa da Comunicação e dos Media. Porto: UFP.
Wolf, M. (2005). Teorias da Comunicação. Lisboa: Presença.

Opções
Últimas Notícias
Horários 2º sem. 20/21 e plano de regresso ESE/IPS | atualização 16 abril 2021
Aula Aberta | O exercício crítico da programação.
Aula Aberta | O Papel da Tecnologia no Suporte ao Envelhecimento Ativo e ao Cuidador Informal
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Pré-Requisitos 2021/2022 - Calendário
Página gerada em: 2021-04-17 às 13:11:53 Última actualização: 2010-07-19