This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > CS200014
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Matemática para a Comunicação Social

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2020/2021 - 1S

Código: CS200014    Sigla: MCS
Áreas Científicas: Matemática
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
CS 41 Plano de Estudos a partir de 2014 4,0 48 108,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Catarina Raquel Santana Coutinho Alves DelgadoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 5,20
Catarina Delgado   5,90

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

No âmbito desta UC os estudantes devem desenvolver competências que incluem os seguintes aspetos:
– Identifica, recolhe e seleciona informação analisando criticamente a credibilidade das fontes.
– Conhece e aplica ferramentas estatísticas na análise e resolução de problemas da realidade.
– Compreende e reflete criticamente sobre questões emergentes no mundo contemporâneo mobilizando ferramentas estatísticas.
– Recolhe, seleciona e analisa dados para desenvolver um projeto, programando as etapas de ação de acordo com os recursos e o tempo disponível.
– Interpreta e analisa criticamente dados teóricos e empíricos para resolver problemas e tomar decisões apropriadas ponderando riscos e benefícios e usando, se adequado, recursos tecnológicos.

Conteúdos programáticos

– Etapas do Método Estatístico. Estatística Descritiva
– Classificação e interpretação de caracteres estatísticos
– Técnicas de amostragem
– Organização de dados em tabelas e gráficos
– Medidas de localização e de dispersão
– Distribuições bidimensionais: Diagrama de dispersão; Coeficiente de correlação de Pearson; Reta de regressão.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Esta UC visa o desenvolvimento competências dos estudantes, enquanto cidadãos e futuros profissionais de comunicação social, relacionadas com a Estatística. Neste sentido, pretende-se que contribua para que os estudantes: (i) desenvolvam o seu conhecimento matemático a nível de conceitos e processos de organização, análise e interpretação de dados, (ii) sejam capazes de ler e interpretar criticamente estudos que incluam metodologias quantitativas, que contribuam para a sua atualização e desenvolvimento profissional e (iii) desenvolvam competências ao nível da conceção de estudos estatísticos, quer no que respeita à recolha de dados, quer no que respeita à sua adequada interpretação, contribuindo para o desenvolvimento de uma postura investigativa, enquanto profissional.

Metodologias de ensino

O trabalho a desenvolver no âmbito desta UC privilegiará a participação ativa dos estudantes quer em trabalho individual quer em trabalho de grupo, procurando o desenvolvimento das competências referidas anteriormente. Neste sentido, as sessões serão organizadas tendo em conta a leitura, discussão e análise de textos, a resolução e discussão de problemas que permitam abordar os conteúdos referidos anteriormente e a realização de atividades de preparação para a conceção de um projeto.
O acompanhamento tutorial consistirá na orientação da preparação e apresentação do projeto e no esclarecimento de dúvidas sobre as temáticas em estudo.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As aprendizagens esperadas situam-se a três níveis: (a) mobilizar conceitos de estatística na resolução de problemas; (b) apresentar uma atitude crítica na interpretação de estudos estatísticos; (c) aplicar os conhecimentos adquiridos a situações da vida real. Assim, as atividades a desenvolver incluirão: (i) leitura e discussão de textos científicos e técnicos de natureza variada, (ii) exploração e análise crítica de problemas relevantes, (iii) pesquisa de informação relevante para o aprofundamento dos temas desta UC, (iv) desenvolvimento de um projeto de carácter investigativo envolvendo variáveis quantitativas e qualitativas.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação contínua incidirá sobre o trabalho desenvolvido ao longo da unidade curricular e será um processo continuado de regulação retroativa que contemplará momentos de trabalho individual e de grupo e atividades de expressão escrita e oral.
Espera-se que cada aluno: (a) participe nas atividades realizadas, envolvendo-se na discussão das questões em análise e nos trabalhos propostos; (b) leia, analise e discuta os textos propostos; (c) execute os produtos de avaliação solicitados, evidenciando com clareza e rigor os conhecimentos adquiridos; (d) se envolva no estudo/preparação para as diferentes atividades de avaliação.
A avaliação contínua incidirá sobre o trabalho desenvolvido ao longo da UC. Serão tidos em conta: a realização de um relatório associado a um projeto de investigação estatística (40%) e um teste escrito (60%). Para poder concluir a disciplina nesta modalidade de avaliação contínua é necessário ter, no teste, um mínimo de 70 pontos (num total de 200).

Regime de assiduidade

Os estudantes com estatuto especial, no caso de impossibilidade comprovada de frequência das aulas, deverão negociar com a docente (nos primeiros quinze dias de aulas) a forma que revestirá a sua avaliação, bem como o calendário mais conveniente, desde que se respeitem os prazos definidos para o semestre.
Os estudantes que não puderem integrar-se no sistema de avaliação contínua realizarão um exame final.

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  0
  Total: 0

Bibliografia

Barroso, M., Ramos, M. & Sampaio, E. (2010). Exercícios de Estatística Descritiva para as Ciências Sociais. Lisboa: Edições Sílabo.
Dinis Pestana, D. & Velosa, S. (2010). Introdução à Probabilidade e à Estatística. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Elizabeth, R. (2008). Estatística Descritiva. Lisboa: Edições Sílabo.
Figueiredo, F. (2009). Estatística Descritiva e Probabilidades: Exercícios propostos e resolvidos. Lisboa: Escolar Editora.
Graça Martins, M. E. & Cerveira, A. (1999). Introdução às Probabilidades e Estatística. Lisboa: Universidade aberta.
Graça Martins, M. E., Loura, L., Mendes, F. (2010). Análise de Dados. Lisboa: Editorial do Ministério da Educação.
Graça Martins, M. E., Monteiro, C., Viana, J. P., Turkman, M. A. A. (1997). Estatística: matemática – 10.º ano de escolaridade. Lisboa: Departamento do Ensino Secundário do Ministério da Educação.
Guimarães, R., Cabral, J. (2010). Estatística. Lisboa: Editora McGraw-Hill de Portugal.
Murteira, B., Ribeiro, C. S., Silva, J. A., Pimenta, C. (2010). Introdução à Estatística. Lisboa: Escolar Editora.
Santos, C. (2010). Estatística Descritiva: Manual de Auto-aprendizagem. Lisboa: Edições Sílabo.
Santos, F. (2001). Sebenta de Matemáticas Gerais - Estatística. Lisboa: Plátano Editora.

Sites:
http://alea-estp.ine.pt/
http://www.ine.pt/portal/
www.pordata.pt

Opções
Últimas Notícias
Alteração de regime de aulas | medidas excecionais
Revista Medi@ções
Investigação, construção de conhecimento e práticas profissionais
Horários 1º semestre 2020/21 | ATUALIZAÇÂO
Página gerada em: 2021-01-22 às 18:54:03 Última actualização: 2010-07-19