This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > DN03
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Fisiologia Humana

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2021/2022 - 1S

Código: DN03    Sigla: FH
Áreas Científicas: Biologia e Bioquimica
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
TSPDN 29 Plano de estudos 2016_17 4,0 36 108,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Luís Filipe Moutinho LeitãoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 2,40
Luís Filipe Moutinho Leitão   2,40

Língua de Ensino

Português/Inglês

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

- Conhecer a terminologia utilizada no âmbito da Fisiologia Humana.
- Dominar as bases fisiológicas da consciência e do comportamento.
- Dominar os conceitos relativos à resposta funcional do corpo humano ao exercício físico.
- Conhecer as bases da bioenergética e nutrição.
- Dominar os conhecimentos nas áreas da biologia e da bioquímica necessários à fundamentação da atividade física.
- Dominar os conceitos de Fisiologia da Integração e da Adaptação.

Conteúdos programáticos

Adaptações Fisiológicas 

Conceitos básicos da Fisiologia Humana do Exercício; Relação estimulo-adaptação; Analogia entre estímulo e carga de treino; Noção de carga, adaptação aguda e adaptação crónica de treino.



A bioenergética Muscular

Caracterização dos principais grupos de nutrientes e as exigências nutritivas dos vários tipos de esforços físicos; Ciclos energéticos biológicos: ressíntese do ATP, a transformação de energia química em mecânica no músculo-esquelético; O processo anaeróbio alatico, anaeróbio lático e aeróbio; Vias metabólicas e substratos energéticos;

Fisiologia Cardiorrespiratória 

A função cardiorrespiratória na resposta aguda ao esforço aeróbio; Adaptações cardíacas, vasculares e hemodinâmicas musculares. Alterações dos volumes pulmonares, da frequência cardíaca, da pressão arterial e do debito cardíaco na adaptação aguda ao esforço; Noção de consumo de oxigénio, consumo máximo de oxigénio, limiar aeróbio e limiar anaeróbio 



Termorregulação e Fisiologia dos líquidos orgânicos 
Equilíbrio hidro-electrolitico e suas modificações na adaptação aguda ao esforço; Especificidades resultantes das características do meio ambiente: frio, calor, humidade e altitude.

Avaliações Fisiológicas no Desporto: equipamentos, protocolos de avaliação


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

A Fisiologia revela-se como um pilar base de compreensão do funcionamento do organismo humano em situações de esforço físico, pelo que se pretende dotar o aluno de conhecimentos que lhes permita perceber as repercussões orgânicas consequentes das diferentes situações de exercício em diferentes populações.

Metodologias de ensino

Exposição de temas pelo docente; discussão orientada de temas em plenário e/ou pequenos grupos; realização de trabalhos práticos ou aplicados; elaboração de trabalhos escritos; apresentação e discussão de trabalhos de grupo.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

No final do trabalho as competências esperadas situam-se em torno dos seguintes domínios:
- Apropriação e domínio dos conhecimentos relativos aos vários temas tratados;
- Domínio de utilização de instrumentos de controlo fisiológico de atividade física e desportiva.
- Utilização, de forma criteriosa e fundamentada, dos conhecimentos adquiridos em situações de caráter prático/aplicado.
- Capacidade de pesquisa bibliográfica na realização de trabalhos escritos e/ou apresentações orais.

Metodologia e provas de avaliação

O trabalho desenvolvido na UC será objeto de:
Avaliação do Processo (30%): Resulta do desempenho do aluno na realização de diversos tipos de tarefas, tais como: trabalho de pesquisa e produção de sínteses escritas, trabalhos práticos ou aplicados, apresentações orais, participação crítica.

Fichas de trabalho - 30%
Avaliação do Produto (70%): É expressa pelo desempenho do aluno num teste escrito (50%) e numa apresentação oral (20%).

Exame final: os estudantes que não obtiverem uma classificação igual ou superior a 7 no teste escrito e uma classificação final igual ou superior a a 9.5 no regime de avaliação contínua serão remetidos para exame final.
NOTA: Para os estudantes com regimes especiais a avaliação do processo poderá sofrer alterações. Estes estudantes devem falar com o professor nos primeiros 15 dias de aulas.

Regime de assiduidade

- Espera-se que cada estudante participe nas atividades propostas, executando os trabalhos programados.
NOTA: Para os estudantes com regimes especiais a avaliação do processo poderá sofrer alterações. Estes estudantes devem falar com o professor nos primeiros 15 dias de aulas.

Bibliografia

ACSM (2009). Guidelines for Exercise Testing and Prescription. Baltimore: Williams and Wilkins. 

EHRMAN, J.; GORDON, P.; VISICH, P.; KETEYIAN, S. (2013). Clinical Exercise Physiology, 3th Edition. Champaign, IL: Human Kinetics. 

GUYTON, A.; HALL, J. (2016). Medical Physiology (13ª edição). Philadephia: Elsevier. 

GUYTON, A.; HALL, J. (2017). Tratado de fisiologia médica (13ª edição). Philadephia: Elsevier. 

HEYWARD, V. (2010). Advanced Fitness Assessment and Exercise Prescription. Champaign: Human Kinetics. 
KENNEDY, W,; WILMORE, J.; COSTILL, D. (2015). Physiology of sport and exercise (6ª edição). Champaign: Human Kinetics.

Plowman, S; Smith, D. (2014). Exercise Physiology for health, fitness and Performance, 4ªEdição. Lippincott Williams e Wilkins. 
POWERS, S.;
HOWLEY, E. (2012). Exercise physiology: Theory and application to fitness and performance (8th editio). USA:
McGraw-Hill. 
SILVERTHORN, D. (2016). Human Physiology (7th Edition). England: Pearson. 
W. MCARDLE, F. KATCH & V. KATCH (2015). Exercise Physiology: Nutrition, energy and human performance (8ª edição). Baltimore: Williams and Wilkins.

Opções
Últimas Notícias
Atualização do Plano de Contigência COVID-19 ESE/IPS
Seminário | Carteira de Competências
Eleições Conselho Técnico-Científico ESE/IPS 2022|2025
Eleições Conselho de Representantes ESE/IPS 2022/2025
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Página gerada em: 2021-12-06 às 07:57:41 Última actualização: 2010-07-19