This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > LAS10
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

TIC em Contextos Profissionais

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2021/2022 - 2S

Código: LAS10    Sigla: TCP
Áreas Científicas: Tecnologias de Informação e Comunicação
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LAS 48 Plano de estudos_2021 5,0 70 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Miguel Ângelo de Almeida Esteves de FigueiredoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 2 8,00
Tahcin Ismail   4,66
Vânia Patrícia Ramos   4,66

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Os objetivos da UC são:
– Analisar e avaliar software, nomeadamente programas 'livres' disponíveis na Web; –
- Gerir o uso das tecnologias, integrando-as de forma natural no contexto da profissão;
– Planificar ações/intervenções, integrando as TIC;
– Utilizar o software de uso genérico em contexto (real ou simulado) da profissão;
– Utilizar ferramentas da Web 2.0. como suporte à publicação e comunicação, para divulgar ideias e materiais do seu contexto de trabalho;
– Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
– Organizar portefólios digitais.
– Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação a distância;

Conteúdos programáticos

1. Conceitos básicos sobre a Internet e a World Wide Web:
– Computadores, endereços e domínios;
– Noção de hipertexto, hipermédia, multimédia, interatividade e navegabilidade;
– A Web 2.0.
2. Identificação e utilização de software social em atividades práticas:
– Construção de Sites (Ex: Google sites);
– Uso de Bookmarks (ex: Delicious, Diigo);
– Armazenar e partilhar documentos online (ex. DropBox, SkyDrive, Google Drive, Box, …).
3. Folha de Cálculo:
– Funções básicas;
– Desenvolvimento de atividades relacionadas com a gestão de eventos;
– Análise e organização de dados obtidos a partir de formulários online (Google docs)
4. Apresentações multimédia
– Programas de apresentação multimédia (PowerPoint e Prezi);
– Construção de apresentações multimédia;
• Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia;
• Criar apresentações em PowerPoint;
• Inserção de grafismos, áudio e vídeo;
• Regras adequadas para elaboração de uma apresentação multimédia.
5. Plataformas colaborativas e de aprendizagem
– Noções básicas sobre e-learning, e m-learning;
– Tipologias e Funcionalidades de uma plataforma colaborativa(p.e. Moodle)
– Criação de disciplinas e utilização das diferentes ferramentas da plataforma Moodle (atividades e recursos);
• Inserção de documentos em diferentes formatos
– Aprendizagem Cooperativa e Colaborativa
6. Comunidades virtuais de aprendizagem
– Comunidades virtuais de aprendizagem (blogues, fórum de discussão, plataformas, …);
– Estratégias, métodos e técnicas de organização do trabalho e da comunicação online;
– Ferramentas de comunicação síncronas (chat, videoconferência) e assíncronas (e-mail, blogues, fóruns de discussão).


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

A exploração dos conteúdos programáticos permite a compreensão contextualizada de diversas problemáticas na área da animação e intervenção social.
Os futuros profissionais da licenciatura em Animação e Intervenção Sociocultural irão confrontar-se com a organização e gestão de eventos, pelo que o trabalho com ferramentas de uso genérico, como a folha de cálculo, pode ser um suporte na organização e tratamento de dados.
Do mesmo modo, as ferramentas da web 2.0 constituem no presente uma poderosa contribuição para aceder, organizar e publicar informação e para o trabalho em colaboração, na construção de projetos e de um portefólio digital.

Metodologias de ensino

O trabalho a desenvolver no âmbito desta UC privilegiará a participação ativa dos alunos, quer em trabalho individual, quer em trabalho de grupo, procurando o aprofundamento de conhecimentos relacionados com os temas programáticos.
As aulas serão organizadas segundo quatro componentes: (a) Resolução de atividades práticas em trabalho de pequeno grupo; (b) Leitura, discussão e análise de textos/temas; (c) Conceção e elaboração de projetos de trabalho individuais e/ou em pequeno grupo e (d) Apresentação e discussão de projetos.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

O trabalho individual privilegiará a resolução de problemas reais e simulados, usando ferramentas de organização de dados e utilizando espaços de armazenamento e gestão e informação, com vista a dotar os futuros profissionais de capacidades de planear, resolver e decidir em função de projetos específicos.
O trabalho de grupo visa desenvolver as competências de comunicação e colaboração e a capacidade de negociar soluções em equipa e de construir projetos. A apresentação ao grupo/turma do projeto desenvolvido, constituirá mais um momento de reflexão e de aprendizagem.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação do trabalho desenvolvido na UC será efetuada através da participação do aluno nas aulas, na resolução das atividades práticas propostas e do seu envolvimento na conceção, elaboração e apresentação de um projeto de trabalho.
Integram-se no processo de avaliação contínua os alunos que participarem em, pelo menos, 2/3 das aulas. Podem ainda beneficiar deste processo, os trabalhadores-estudantes e outros estudantes com, pelo menos, 50% das presenças, que se disponibilizem para apresentarem e discutirem publicamente partes dos seus trabalhos, solicitadas pelo docente, ao longo do semestre.
A classificação final terá em conta os seguintes pesos:
Participação nas aulas e resolução das atividades práticas – 40%
Elaboração de portefólio digital - 15%
Projeto de trabalho
Conceção e elaboração – 30%
Apresentação e discussão – 15%

Bibliografia

Barret, H. C. (2010). Balancing the two faces of ePortefolios. Educação, Formação & Tecnologias, 3(1), (pp. 6-14).
Capucha, L. (2008). Planeamento e avaliação de projetos – Guião prático. Lisboa: ME-DGIDC.
Castells, M. (2004). A galáxia Internet: Reflexões sobre Internet, negócios e sociedade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Correia, Carlos & Tomé, Irene (2007). O que é o e-Learning. Lisboa: Plátano Editora.
Costa, F. A. (2005). A aprendizagem como critério de avaliação de conteúdos educativos on-line. In Avaliação de locais virtuais de conteúdo educativo (pp. 45-54). Lisboa: CRIE, ME-DGIDC.
Dias, Ana A. S., Gomes, Maria J., coord. (2008). e-conteúdos para e-Formadores. Guimarães: Tecminho.
Dias, P. (2001). Comunidades de conhecimento e aprendizagem colaborativa. In Redes de aprendizagem, redes de conhecimento (pp. 85-93). Lisboa: Conselho Nacional de Educação.
Figueiredo, A. D. (2000). Novos Media, Nova aprendizagem. In Novo conhecimento, nova aprendizagem (pp. 71-81). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Figueiredo, A. D. (2008). Educação, Tecnologia e Espírito do Tempo. Obtido em 12 de Outubro de 2011, de Academia.edu: http://coimbra.academia.edu/adf/Papers/359314/Educacao _Tecnologias_ e_Espirito_do_Tempo

Observações

As aulas decorrem em laboratório de informática.

Opções
Últimas Notícias
Aula Aberta | Relações Públicas como profissão: desafios e oportunidades.
Preservar para Viver!
Exposição Pessoal(mente) falando
Semana das Ciências do Desporto | 2022
Scratch Day 2022
Página gerada em: 2022-05-19 às 07:43:45 Última actualização: 2010-07-19