This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > LAS12
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Comunicação Empresarial e Marketing

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2021/2022 - 1S

Código: LAS12    Sigla: CEM
Áreas Científicas: Ciências da Comunicação
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LAS 65 Plano de estudos_2021 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Maria Alcina Velho Dourado da SilvaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 2 8,00
Alcina Dourado   2,00
Luísa Godinho   6,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Objetivo geral

Compreender conceitos, disciplinas e técnicas da comunicação institucional e organizacional numa ótica de Marketing e aprender a desenvolver e a aplicar estratégias / técnicas de comunicação em organizações são os objetivos centrais da unidade curricular.

Objetivos específicos

 Compreender o papel da comunicação no desempenho das organizações, em particular de âmbito cultural e social;
 Desenvolver competências para a implementação de estratégias e técnicas de comunicação;
 Conhecer os diferentes sectores da comunicação institucional e as suas especificidades;
 Atuar nos distintos campos do trabalho de comunicação empresarial e do marketing;
 Interagir com as diversas tecnologias, ferramentas e produtos da comunicação;
 Aprender a conceber, aplicar, gerir e avaliar uma estratégia de comunicação aplicada ao setor social.

Conteúdos programáticos

1. Objetivos da disciplina, conteúdos, metodologia, sistema de avaliação, calendarização, modo de funcionamento das sessões presenciais e apresentações

2. Processo de comunicação e evolução histórica da comunicação empresarial e do marketing

3. Campos da comunicação institucional.
- Tipologia de organizações (Empresas privadas, Organizações corporativas e representativas, Organizações públicas e órgãos de governo, Organizações não-governamentais)

4. Comunicação empresarial e marketing - Conceitos básicos
- Conceito de gestão de Marketing, marketing estratégico e marketing-mix
- Meio envolvente de Marketing (o Micro ambiente e macro ambiente de marketing)

5. - Particularidades da gestão de Marketing
– O Marketing Social e o marketing nas organizações sem fins lucrativos

6. Estratégia de comunicação
- Do diagnóstico à estratégia: a Análise SWOT
- Comportamento e processo de compra, consumo e adesão
- Públicos-alvo, StakeHolders e ShareHolders
- Missão, identidade e imagem corporativa

7. Planeamento estratégico no contexto das instituições
- Funções, alvos, processo e objetivos
- Elementos básicos da imagem das organizações
- Estratégias de Comunicação e Marketing
- O Plano de Comunicação
- Os meios de comunicação social
- O Mix de Comunicação de Marketing: publicidade, relações públicas, promoção de vendas, merchandising, marketing direto e Patrocínio e mecenato – conceitos fundamentais, funções e objetivos
- Gestão da comunicação: a execução da estratégia, serviços externos, gestão dos profissionais, distribuição e disseminação, serviços e práticas, processos de avaliação, gestão de crises.

8. Especificidades das ferramentas da comunicação e do Marketing: objetivos, alvos, produtos, processos, técnicas e características particulares de cada ferramenta

9. Limites éticos e legais na comunicação empresarial
- Ética e Responsabilidade Social


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

No âmbito desta uc propõe-se um conjunto de atividades que levam cada estudante a realizar, na prática, diversas experiências de aprendizagem relativas aos conteúdos programáticos com o objetivo de compreender o alcance e utilidade dos conceitos abordados.

Metodologias de ensino

As diferentes temáticas a abordar serão organizadas por conceitos e ferramentas num enfoque maioritariamente teórico-prático. As sessões serão centradas na discussão em plenário e/ou pequenos grupos, bem como em exercícios a partir quer da informação fornecida diretamente pelo professor ou com recurso à utilização de textos e outros materiais disponibilizados atempadamente através da plataforma de ensino a distância Moodle ou Teams.
Cada sessão presencial será composta, necessariamente, por componentes teóricos e práticos, exceto se os condicionalismos no acesso aos equipamentos necessários impliquem a divisão das horas semanais de contacto em sessões letivas teóricas e práticas. Ênfase em métodos ativos, em particular prevendo-se o emprego dos métodos da descoberta com apresentação de problemas, debate, trabalho autónomo, método expositivo misto, estudos de caso e simulações podendo implicar leitura, análise e discussão de textos; elaboração e apresentação de trabalhos escritos, incluindo comentários críticos; apresentação e discussão de trabalhos, com destaque para a realização de exercícios propostos pelo docente.
Inclui-se ainda a discussão orientada sobre temas relacionados, a partir de vários documentos-base, nomeadamente materiais audiovisuais e textos, podendo apresentar-se em várias línguas para além da língua portuguesa e provenientes de várias fontes.
Apresentação dos resultados das diferentes atividades (recorrendo a diferentes métodos de apresentação, incluindo comunicação oral e powerpoint.
Recurso à aprendizagem em blended learning através de plataforma de ensino a distância, o que implica o recurso às respetivas ferramentas de comunicação como os fóruns. Sugere-se que os alunos venham munidos de equipamento informático portátil que facilite o acesso e/ou a realização de atividades no âmbito da uc, caso o docente o indique explicitamente.
A plataforma de ensino a distância Moodle em http://moodle.ese.ips.pt/ servirá igualmente para ministrar conteúdos, possibilitar a realização de atividades teórico-práticas e permitir a interação entre docente-aluno e aluno-alunos sendo, por isso, uma ferramenta incluída na avaliação do discente, em particular no caso do discente trabalhador estudante.
Excecionalmente e durante o período coincidente com Estágios ou devido a outros motivos que impossibilitem a realização de sessões letivas presenciais, as atividades correspondentes podem desenrolar-se via plataformas de ensino a distância.
Acompanhamento tutorial: o docente estará presente em quatro modelos possíveis: i) em sessões presenciais, de acordo com o calendário letivo; ii) através de marcação de reunião de acompanhamento em modelo de orientação tutória solicitada previamente pelo aluno ou grupo de alunos em horário a definir e via videoconferência; iii) através de plataforma de ensino a distância disponibilizada pela instituição de ensino, recorrendo às ferramentas mais indicadas para o efeito, nomeadamente fóruns, chats ou troca de mensagens; iv) através de contacto via correio eletrónico institucional. Os procedimentos e contatos são divulgados na própria plataforma de acordo com o tipo de atividades a realizar ao longo do ano letivo.
As sessões de apoio servirão, fundamentalmente, para auxiliar alunos e grupos de alunos (em especial trabalhadores-estudantes) aquando da realização da avaliação, entre outras atividades teórico-práticas, podendo decorrer em sessão plenária ou em reuniões individualizadas, preferencialmente a distância. Estarão sempre sujeitas a confirmação.
Após o términus das atividades letivas a plataforma de ensino a distância fica disponível até ao final da época de exames de recurso.

Metodologia e provas de avaliação

a) Teste – 50% da nota, com realização em data a definir segundo calendário próprio;
b) Exercícios, individuais ou em pequenos grupos, podendo incluir apresentação escrita e oral – 50% da nota, com realização e entrega em data a definir segundo calendário próprio. Este elemento de avaliação pode ser substituído pela realização de um trabalho individual no caso de estudantes que beneficiem de estatuto e comprovadamente não possam frequentar as aulas.
Em avaliação contínua a nota final de cada aluno corresponde ao resultado do cálculo de acordo com a percentagem atribuída a cada momento de avaliação: nota final = (A*50%)+(B*50%).
Esta fórmula pode ser sujeita a alteração após o início do ano letivo, devendo, nesse caso ser divulgada em documento próprio.
De modo geral considera-se ainda aspetos como a qualidade das intervenções e capacidades reveladas (pesquisa, método de trabalho, reflexão, análise crítica, organização, interação de grupo, linguagem utilizada e contribuições individuais).
Espera-se que cada aluno esteja presente em cada aula e participe nas questões em análise, bem como nos trabalhos de grupo, nomeadamente discussões; reúna a documentação aconselhada, leia e analise os textos de apoio de modo a estar preparado para os discutir; execute os trabalhos programados; aceda à plataforma de ensino a distância e participe de forma ativa e colaborante nas atividades aí propostas.

Regime de assiduidade

A avaliação contínua dos estudantes depende da sua participação nas atividades letivas através das atividades propostas.
O estudante trabalhador-estudante ou abrangido por outros estatutos reconhecidos na ESE/IPS deve informar o docente quanto à sua situação nos primeiros 15 dias de atividade letiva em comunicação escrita. Nestes casos, a participação na plataforma de ensino a distância e equivalentes é fundamental. Qualquer alteração deve ser comunicada atempadamente por escrito. Só serão considerados os casos patentes no portal da ESE devidamente justificados de acordo com as normas em vigor.

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  0
  Total: 0

Bibliografia

Caetano, J., & Rasquilha, L. (2005). Gestão da comunicação. Quimera.
Eiró-Gomes, M. (Ed.). (2017). Comunicação E Organizações da Sociedade Civil: conhecimento e reconhecimento. Plataforma Portuguesa das ONGD e ESCS-IPL.
Lindon, Denis, Lendrevie, Jacques, Lévy, Julien, Dionísio, Pedro, Rodrigues, J. V. (2008). Mercator XXI (11th). Lisboa: Publicações D. Quixote.
Martins, R. (2010). Comunicação de gestão da mudança: como (re)criar uma organização de confiança no terceiro sector. In J. W. Azevedo, Carlos, Franco, Raquel Franco, Meneses (Ed.), Gestão de organizações sem fins lucrativos (pp. 273–284). Porto: Imoedições.
Santos, C.O. (2012). Melhorar a vida. Um guia de marketing social. Fundação CEBI

Serão facultados textos complementares ao longo do funcionamento da uc.

Observações

Bibliografia complementar e documentação de apoio: poderá ser disponibilizada ao
longo da lecionação da disciplina nas aulas, através da plataforma de ensino a distância
da ESE.
Páginas na internet
Associação Portuguesa Comunicação de Empresa
http://www.apce.pt/
Associação Portuguesa das Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing
http://www.apap.co.pt/
Associação Portuguesa das Empresas de Conselho em Comunicação e Relações
Públicas
http://www.apecom.pt/
Entidade Reguladora para a Comunicação Social
http://www.erc.pt/
SOPCOM
https://www.sopcom.pt/page/home

Esta UC com o código LAS12 é de frequência obrigatória aos alunos inscritos no 2º ou 3º ano de Animação e Intervenção Sociocultural (c.f. alteração do plano de estudos em 2021.22).
A Língua de Ensino é o Português.
Na plataforma de ensino a distância Moodle serão disponibilizadas as informações necessárias ao cabal desenvolvimento da Unidade Curricular (UC), incluindo sumários.
O Programa será apresentado na 1ª sessão letiva presencial, para além de disponibilizado no portal institucional podendo ser sujeito a revisão durante os primeiros 15 dias de atividade letiva do ano a que diz respeito, momento a partir do qual passa a versão definitiva para o atual ano letivo. Até lá a versão definitiva para o ano letivo a que diz respeito é sujeita a revisão. Posteriormente a versão final será disponibilizada no portal e área Moodle para consulta integral.
Os alunos interessados em aceder devem validar a sua inscrição nesta UC diretamente na página da UC em http://moodle.ese.ips.pt/
O acesso à plataforma de ensino a distância Moodle é condição essencial para acompanhar a uc.
Dispositivos online passíveis de serem utilizados: Zoom Colibri; e-mail; Moodle; Messenger; Whatsapp, sem menosprezo por outros que estão sob análise como o Skype, Teams e Stream, para além de sugestões dos estudantes e soluções que entretanto sejam disponibilizadas. O objetivo é permitir que as soluções se adaptem às condições dos estudantes ao mesmo tempo que se garante o cumprimento da planificação.

A calendarização das atividades e as especificidades de cada uma serão disponibilizadas em documento próprio.

Opções
Últimas Notícias
Encontro Residência Artística Ratton 2021
Horários de 1º semestre 2021/22
Receção a Estudantes 2021/22
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Página gerada em: 2021-10-19 às 04:08:54 Última actualização: 2010-07-19