This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > LGP20005
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Linguística Portuguesa II

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2021/2022 - 2S

Código: LGP20005    Sigla: LPII
Áreas Científicas: Línguas e Literatura
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
LGP 16 Plano de Estudos 4,0 48 108,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Ana Luísa da Piedade Melro Blazer Gaspar CostaResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00
Carolina Silva   3,20

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

- Aprofundar conhecimentos fundamentais da área das Ciências da Linguagem e da Linguística Portuguesa;
- Desenvolver capacidades para analisar adequadamente componentes da gramática da língua portuguesa;
- Descrever e analisar a estrutura interna das palavras e os processos morfológicos de formação de palavras;
- Descrever e analisar a estrutura sintática das frases e as funções dos constituintes sintáticos;
- Descrever e analisar processos sintáticos e semânticos de formação de frases complexas;
- Refletir sobre aspetos semânticos das relações entre palavras;
- Descrever e analisar valores semânticos relevantes para a interpretação de enunciados;
- Refletir sobre aspetos pragmáticos do português.

Conteúdos programáticos

A. Componentes da gramática e níveis de análise linguística
1. Morfologia
1.1. Palavra e constituintes da palavra
1.2. Flexional (flexão nominal e verbal)
1.3. Processos morfológicos de formação de palavras
2. Sintaxe
2.1. Frase e constituintes da frase
2.2. Funções sintáticas
2.3. Frases simples e frases complexas
3. Semântica
3.1. Lexical (relações semânticas entre palavras)
3.2. Frásica (conteúdo proposicional, valores semânticos)
B. Aspetos pragmáticos


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os objetivos do programa envolvem capacidades de reflexão metalinguística de aspetos da morfologia, sintaxe, semântica e pragmática do Português. O desenvolvimento destes objetivos decorre da mobilização de conhecimentos prévios de análise linguística e da construção de conhecimento sobre os conteúdos programáticos. As aprendizagens decorrentes das leituras e da reflexão em torno dos conteúdos programáticos sustentam o desenvolvimento dos objetivos previstos, quer os de carácter mais teórico, quer os que visam a prática profissional de um futuro tradutor e intérprete.

Metodologias de ensino

Na UC Linguística Portuguesa II, valorizam-se metodologias que propiciam a relação entre teoria e prática, assentes na exposição teórica, nas interações pedagógicas, na realização de exercícios (individuais e em grupo), no trabalho de pesquisa. Considera-se prioritário o desenvolvimento de competências que envolvam processos de análise e de síntese, de reflexão crítica, bem como a criatividade, a autonomia e a capacidade de concretizar atempadamente tarefas propostas.
A abordagem aos temas do programa será da responsabilidade da docente. O aprofundamento das reflexões e a apresentação de problemas serão da responsabilidade dos estudantes, constituindo, por isso, objeto de avaliação da participação em aula. Os estudantes serão incentivados a comunicar e partilhar dúvidas, pontos de vista, opiniões e argumentos. A leitura individual, em pares ou em grupo, de textos de preparação das aulas e de textos complementares de aprofundamento é essencial para o progresso das aprendizagens.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

As metodologias privilegiadas garantem o desenvolvimento dos objetivos do programa de forma adequada perfis diferenciados de estudantes.
Ao longo do processo de aprendizagem, os estudantes deverão mobilizar conceitos fundamentais de gramática do Português e dominar géneros orais e escritos adequados à apresentação de leituras, à discussão de temas, a trabalhos de pesquisa e à reflexão sobre questões do programa da UC. Em todos os momentos de participação em aula, deverão evidenciar um domínio proficiente da expressão oral e escrita para fins académicos e recorrer a suportes convencionais e tecnológicos diversificados, tendo em vista quer o desenvolvimento de competências essenciais ao percurso académico, quer a prossecução da sua formação profissional.

Metodologia e provas de avaliação

Os elementos da avaliação contínua têm os pesos que se indicam a seguir:
- Participação nas atividades das aulas e realização das tarefas propostas (10%);
- Teste presencial escrito individual sobre os conteúdos do programa (50%);
- Trabalho de pesquisa em grupo e sua apresentação oral em aula (40%).

Em alternativa à avaliação contínua, os estudantes podem fazer um exame final (100%). Durante a primeira semana de aulas, deverão contactar a docente da UC, a fim de indicarem por qual das modalidades optam. Caso escolham o exame final podem, tal como os restantes estudantes, acompanhar as atividades realizadas pela página da UC na plataforma Moodle.
Os estudantes com estatuto especial devem contactar a docente da UC, até ao final da primeira quinzena do semestre, para definir as formas de avaliação.

Regime de assiduidade

É obrigatória a presença em 75% das aulas.

Bibliografia

Campos, M. H. & Xavier, M. F. (1991). Sintaxe e Semântica do Português. Lisboa: Universidade Aberta.
Duarte, I. (2000). Língua Portuguesa: Instrumentos de Análise. Lisboa: Universidade Aberta.
Faria, I. H., Pedro, E. R., Duarte, I. & Gouveia, C. A. M. (orgs.) (1996). Introdução à Linguística Geral e Portuguesa. Lisboa: Caminho.
Fromkin, V., Rodman, R. & Hyams, N. (2014). An Introduction to Language. Boston: Wadsworth.
Martins, A. M. & Carrilho, E. (eds.) (2016). Manual de Linguística Portuguesa. Berlin/Boston: De Gruyter.
Mateus, M. H. M. & Villalva, A. (2006). O essencial sobre Linguística. Lisboa: Caminho.
Villalva, A. (2008). Morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta.
Mateus, M. H. M., Brito, A. M., Duarte, I. & Faria, I. H. (2003). Gramática da Língua Portuguesa, 5ª edição revista e aumentada. Lisboa: Caminho.
Raposo, E. P., Nascimento, M. F. B., Mota, M. A. C., Segura, L. & Mendes, A. (orgs.) (2013). Gramática do Português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Opções
Últimas Notícias
Atualização do Plano de Contigência COVID-19 ESE/IPS
Seminário | Carteira de Competências
Eleições Conselho Técnico-Científico ESE/IPS 2022|2025
Eleições Conselho de Representantes ESE/IPS 2022/2025
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Página gerada em: 2021-12-06 às 09:03:40 Última actualização: 2010-07-19