This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > PA10
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Audiovisual para Eventos

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2022/2023 - 2S

Código: PA10    Sigla: AE
Áreas Científicas: Áudio-Visuais e Produção dos Media
Secção/Departamento: Artes

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
TSPPA 15 Plano de Estudos 2015_16 5,0 60 135,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Pedro Miguel Rebelo FelícioResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 4,00

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Conhecer e utilizar de forma adequada as diferentes tecnologias de captura de áudio e vídeo em eventos;
Revelar conhecimentos na utilização adequada de técnicas e tecnologias de iluminação natural e artificial Revelar autonomia na abordagem e na resolução de problemas;
Comunicar e interagir com os outros promovendo ambientes de trabalho produtivos;
Realizar edição em tempo real de áudio, imagem e vídeo de múltiplas origens, para projeção e/ou difusão.

Conteúdos programáticos

Realização audiovisual “ao vivo”;
Tecnologias de gravação audiovisual;
Técnicas e tecnologias de edição “real time”;
Captura e edição audiovisual multicamara
Organização e coordenação de equipas multidisciplinares.


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

A componente audiovisual associada a um evento apresenta-se como uma forma de comunicação fortemente reconhecida socialmente que, integrando uma variedade de procedimentos e técnicas, assume uma posição importante em diversos domínios da produção e comunicação audiovisual.

Esta unidade curricular procurará articular os domínios conceptuais, técnicos e experimentais inerentes à produção de conteúdos para eventos, com o conhecimento dos meios e técnicas necessários para a difusão desses mesmos eventos. Procurar-se-á desenvolver acções que favoreçam a aquisição de conhecimentos específicos nesta área, aplicando-os, na conceção e concretização de projetos práticos, nomeadamente na produção de conteúdos audiovisuais para integração em eventos e na projeção de eventos “ao vivo”.

Através dos conteúdos a abordar, pretende-se dotar os alunos de um conjunto de instrumentos operatórios que vão ao encontro dos objetivos delineados e lhes permitam compreender, analisar e desenvolver as diversas componentes de um produto audiovisual ou de uma projeção “ao vivo”, tanto em termos técnicos como estéticos.

Pretende-se, assim, que os estudantes entendam a relevância do audiovisual num evento, que reconheçam as diferentes opções que os recursos técnicos e humanos colocam a nossa disposição e identifiquem os diferentes formatos em que as mensagens podem ser construídas e apresentadas.

Metodologias de ensino

Espera-se que cada estudante:
a) Participe nas sessões e na discussão das questões em análise
b) Execute os trabalhos propostos
c) Apresente os seus trabalhos



Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Nesta unidade curricular serão utilizadas metodologias que, de forma estruturada, conjuguem as dimensões analíticas, crítica e experimental, propostas pelos conteúdos programáticos.
O trabalho desenvolvido será de natureza teórico-prática e prática, estando assente em duas grandes vertentes: por um lado o estudo das metodologias essenciais que permitirão realizar uma análise crítica e suportada em conhecimentos científicos dos objetos em estudo, permitindo ao estudante construir o seu conhecimento de uma forma sustentada; por outro lado, privilegiando uma dimensão experimental, a exploração das potencialidades comunicacionais e expressivas apresentadas pelos diversos processos e técnicas de produção e difusão audiovisual, nomeadamente no que respeita a eventos. Pretende-se, ainda, promover uma crescente autonomia na utilização dos diferentes equipamentos, assim como na realização de procedimentos, nos diferentes campos da produção audiovisual para eventos.
A articulação entre estas vertentes será desenvolvida quer através da realização de exercícios e propostas de trabalho faseadas que possibilitem uma aquisição sistematizada e fundamentada de conhecimentos e capacidades de análise e execução, quer através do contacto com produtos concretos e seus criadores, com vista a estabelecer uma ampliação das perspetivas criativas e tecnológicas inerentes a esta área. Neste sentido, as sessões de trabalho irão desenvolver-se em contextos distintos, contemplando a análise e discussão de produtos audiovisuais utilizados em eventos e a visita a produtoras e estúdios de gravação, a par de um trabalho de experimentação técnica dentro e fora da sala de aula.
Pretende-se, com esta metodologia estabelecer, nas sessões de trabalho, uma sistemática articulação entre a aquisição de conhecimentos teóricos e o desenvolvimento de competências funcionais nos diferentes campos da produção e difusão audiovisual para eventos, perspetivando a sua aplicação em contextos específicos.

Metodologia e provas de avaliação

Espera-se que cada estudante:

a) Participe nas atividades programadas e na discussão das questões em análise

b) Execute os trabalhos propostos com capacidade crítica e de autonomia

c) Produza trabalhos em pequenas e grandes equipas

O trabalho desenvolvido na UC será objeto de avaliação no seguinte modelo:

1. Participação ativa e capacidade de autonomia nas atividades programadas 20%

2. Produção de conteúdos audiovisuais (em pequenas equipas) 30%

3. Produção de um “Programa multicâmara em Estúdio” (2 equipas) 20%

4. Realização de um “Programa multicâmara em Estúdio” (2 equipas) 30%

Regime de assiduidade

A avaliação da UC rege-se pelo Regulamento de Frequência e Avaliação (RFA) da ESE/IPS, num modelo de avaliação contínua. Ao estudante sem aproveitamento em avaliação contínua será dada a possibilidade de realizar exame de carácter essencialmente prático, a ser desenvolvido no período de exames de época normal, definido no calendário académico.

Bibliografia

ARIJON, D. (1976) - Grammar of the Film Language. London: Focal Press
ANG, T. (2005) – Manual de Vídeo Digital. Porto: Civilização
ARTIS, A. (2008) – The Shut up and shoot documentary guide. Focal Press
BARBIER, J. (1993) - Elaboração de Projectos de Acção e Planificação. Porto: Porto Editora
CHABROL, C. (2010) – Como fazer um filme. Alfragide: Publicações Dom Quixote
LOPES, S. (2014) – Manual Prático de Produção. Lisboa: Chiado Editora
MARNER, T. (1999) – A realização cinematográfica. Lisboa: Edições 70
OLIVEIRA, J. (2007) – Manual de Jornalismo de Televisão. Lisboa: Cenjor
WIESE, M. (1991) - Film directing shot by shot: visualizing from concept to screen Studio City, CA
Sítios de interesse para o desenvolvimento da unidade curricular:
Página oficial do Celtx: https://www.celtx.com/
Manual Mesa Roland VR 50HD: http://www.streamingstore.ca/store/documents/vr50hdmanual.pdf
Tutoriais do Adobe Première Pro CC: https://helpx.adobe.com/premiere-pro/tutorials.html

Observações

Dispositivos online a utilizar: Microsoft Teams

Opções
Página gerada em: 2023-02-02 às 01:35:04 Última actualização: 2010-07-19