Língua Gestual Portuguesa IV

Ficha de unidade curricular - Ano letivo 2019/2020

Código: LGP20010
Sigla: LGPIV
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem
Semestre/Trimestre: 2º Semestre
Cursos:
Sigla Anos Curriculares ECTS
LGP 7
Nº de semanas letivas: 15
Carga horária:
Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas
Responsável: Maria José Duarte Freire
Corpo docente: Luís Emanuel Mendes Vicente Barbeiro

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Língua de ensino - Língua Gestual Portuguesa


Esta UC, assim como as que se lhe seguirão (LGP V e LGP VI), tem por objetivo habilitar os estudantes deste Curso com uma efetiva competência comunicativa, na sua principal língua de trabalho como futuros Tradutores-Intérpretes da Língua Gestual Portuguesa.
No final desta UC espera-se que os estudantes tenham assimilado e interiorizado os conhecimentos de língua gestual portuguesa já trabalhados. Neste segundo ano de curso verifica-se uma expansão, em termos de conteúdo semântico e estrutural que permitirá aos estudantes desenvolver as suas técnicas de expressão gestual que serão postas em prática no seu futuro desempenho profissional.

Conteúdos programáticos

Estruturas frásicas complexas e elementos de ligação; importância das pausas na produção e compreensão do texto gestual; aumento da complexidade e aperfeiçoamento da produção e receção/leitura da LGP. A Língua Gestual Portuguesa em sala de aula: diferentes níveis de ensino; diferentes objetivos didáticos e respetivas abordagens.

Léxico a trabalhar: férias e lazer; animais/domésticos e selvagens; mundo do futebol; geografia, cidades/ Portugal/Europa, países/ Mundo; sexualidade.
Exercícios: Narrativas/Histórias


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os novos temas, a abordar nesta UC, permitem um alargamento dos contextos semânticos e estruturais necessários a um bom desenvolvimento linguístico dos estudantes, proporcionando-lhes um aprofundamento das suas capacidades comunicativas em LGP. O desenvolvimento do vocabulário, bem como das estruturas gramaticais da língua gestual portuguesa, contribuirá para o desenvolvimento de competências de interpretação.

Metodologias de ensino

- Técnica expressiva da descrição, a partir de suportes gráficos (gravuras, croquis, banda desenhada)
- Técnica expressiva do relato a partir da memória (relatar um percurso, relatar um acontecimento do quotidiano, etc.)
- Técnica expressiva do reconto a partir de gravuras de banda desenhada sem legendas.
- Técnica do diálogo
- Técnica da conversação em grupo
- Imersão total no ambiente comunicacional da LGP (regra do silêncio e treino da observação visual).
- Utilização do vídeo como instrumento de registo, análise e autoanálise das produções gestuais.
- Simulação de situações de conversação da vida real.
- Participação direta em espaços de encontro e de convívio da Comunidade Surda.
- Análise e reflexão sobre textos técnicos e teóricos pertinentes para os conteúdos programáticos da UC.

Durante o período de isolamento, devido à pandemia de COVID-19, as aulas serão realizadas à distância (EaD) através do uso de meios eletrónicos e plataformas de comunicação online adequadas aos respetivos conteúdos da UC.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

A Língua Gestual Portuguesa (LGP) é uma língua visuoespacial. É a língua da comunidade surda portuguesa, havendo registos da sua utilização, pelo menos, desde o século XV. Reconhecida como língua no nosso país, desde a 4ª revisão constitucional, Lei 1/97, no seu artigo 74, nº 2, alínea h), e como instrumento de acesso à educação e à igualdade de oportunidades pelos surdos portugueses. À semelhança das línguas gestuais de outros países, trata-se de uma língua natural, com gramática e léxico próprios. Apresenta características linguísticas semelhantes a qualquer outra língua natural e características próprias existentes nas línguas gestuais, pelo facto de se tratar de uma língua espaço visual.
As metodologias adotadas nesta unidade curricular respeitam, promovem e desenvolvem as características próprias de uma língua gestual.
O domínio das várias vertentes do espaço gestual, da expressão facial e corporal é desenvolvido através dos vários exercícios realizados pelos alunos e orientados pela docente. O modo expressivo em língua gestual manifesta-se através da articulação dos gestos e da utilização do espaço gestual, e o modo recetivo através do treino visual.
Os alunos são incentivados a explorar a sua expressividade natural e os seus gestos espontâneos aproveitados para estabelecerem a ponte com os gestos do léxico da LGP.
A elaboração de pequenos textos em LGP, a partir de imagens ou temas propostos em aula, servirá para consolidar a aquisição de vocabulário e trabalhar as estruturas gramaticais da língua.
A gravação em vídeo destes exercícios e sua posterior análise permitem a consciencialização das aprendizagens realizadas bem como a correção de eventuais dificuldades no modo expressivo.

Metodologia e provas de avaliação

O trabalho desenvolvido na UC será objeto de avaliação, compreendendo as seguintes vertentes:
- Assiduidade e participação (inclui trabalhos autónomos) – 20% da nota final
- Avaliação LGP prática intermédia -40%
-Avaliação LGP prática final - 40%

COVID 19 - Consoante a duração do período de isolamento, e da forma como esta afetar a metodologia de avaliação da UC, serão propostas formas alternativas de avaliação, de acordo com as características da unidade curricular.

Bibliografia

Amaral, M. A., (1995) “Porquê o interesse crescente pela língua gestual”, in Integrar, nº.6, Dez.94 a Mar.95, Lisboa: IEFP/SNR, pp. 26-30
Guia Europeu da Comunidade Surda, (1997) Bruxelas: European Union of the Deaf, Versão em Português
Vídeos

Página gerada em: 2022-07-01 às 11:48:42