Audiovisual para Dispositivos Móveis

Ficha de unidade curricular - Ano letivo 2022/2023

Código: PA11
Sigla: ADM
Secção/Departamento: Ciências e Tecnologias
Semestre/Trimestre: 2º Semestre
Cursos:
Sigla Anos Curriculares ECTS
TSPPA 5
Nº de semanas letivas: 15
Carga horária:
Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas
Responsável: Miguel Ângelo de Almeida Esteves de Figueiredo
Corpo docente: Miguel Ângelo de Almeida Esteves de Figueiredo

Língua de Ensino

Português

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Compreender as potencialidades de dispositivos móveis para a captação de som, imagens estáticas e
dinâmicas.
Compreender as especificidades dos produtos audiovisuais para dispositivos móveis.
Utilizar ferramentas de tratamento de som e imagem na elaboração de produtos audiovisuais para uso em
dispositivos móveis.
Analisar e discutir potencialidades dos dispositivos móveis no contexto das redes sociais.
Reconhecer as implicações da distribuição de produtos audiovisuais em dispositivos móveis no que se refere a direitos de autor e segurança.
Criar produtos audiovisuais para dispositivos móveis com recurso a dispositivos móveis.

Conteúdos programáticos

Potencialidades de dispositivos móveis para a captação de som, imagens estáticas e dinâmicas;
Caraterísticas específicas dos produtos audiovisuais para dispositivos móveis;
Captura e edição de produtos audiovisuais com dispositivos móveis;
A Segurança da informação na utilização de produtos audiovisuais em dispositivos móveis.
Tratamento de som, imagem e vídeo para uso em dispositivos móveis;
Programação por blocos para dispositivos móveis.
Integração de conteúdos audiovisuais em plataformas de redes socias;
Os direitos de autor relativos ao uso de produtos audiovisuais em dispositivos móveis;


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

Os conteúdos programáticos desta unidade curricular permitem adquirir os conhecimentos e o desenvolvimento de competências na área dos produtos específicos para utilização em dispositivos móveis, tais como smartphones e tablets. quer no que respeita às competências técnicas como no que se refere a aspetos legais, os temas a trabalhar permitem alcançar os objetivos previstos.

Metodologias de ensino

As aulas decorrerão em laboratório e será fomentado o trabalho a pares, complementado por algumas tarefas individualizadas.
A partir de exemplos concretos, os grupos explorarão ferramentas informáticas e refletirão acerca das suas potencialidades dentro do contexto da unidade curricular.
Serão apresentados e discutidos textos específicos que enquadram algumas das atividades previstas.
Em diversas atividades, os estudantes partilharão e apresentarão formalmente o trabalho desenvolvido.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Com frequência, os objetivos da unidade curricular serão atingidos a partir de atividades concretas de desenvolvimento de protótipos e produtos direcionados a dispositivos móveis. As atividades a efetuar em grupo terão sempre uma componente de trabalho individual e uma de grupo em que se espera que o resultado seja melhor do que a simples soma das partes.

Metodologia e provas de avaliação

A avaliação contínua apenas será possível nos termos do regulamento de frequência e avaliação da instituição.
A classificação final individual terá em conta os seguintes pesos:
• Participação nas aulas e resolução das atividades práticas – 50%
• Conceção e discussão do Projeto de trabalho final – 10%
• Elaboração do Projeto de trabalho final – 20%
• Relatório do Projeto final 10%
• Apresentação e discussão do Projeto de trabalho – 10%

Regime de assiduidade

Presencial, com apoio a distância através de plataforma de elearning.

Bibliografia

AGAR, Jon. (2003). Constant Touch: a global history of the mobile phone .Cambridge: Icon Books
Belarmino, E. (2018). Resenha de Linke-se – arte/mídia/política/cibercultura de BEIGUELMAN, Giselle. (2005). São Paulo: Peirópolis. https://periodicos.ufpb.br/index.php/tematica/issue/view/2049
BUSH, Vannevar. As we may think. Atlantic Monthly, n. 1, p.101-108, July1945.[online], janeiro 2015.[ https://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/].
CASTELLS, Manuel (2006). A era da intercomunicação, Le Monde Diplomatique Brasil. [online], https://diplomatique.org.br/a-era-da-intercomunicacao/
Castells, M., Fernandez-Ardevol, M., Qiu, J. L., & Sey, A. (2009). Mobile communication and society: A global perspective. Mit Press.
GIBSON. William. (2003). Neuromancer. São Paulo: Aleph
KEEN, Andrew. (2007). The cult of the amateur: how today´s internet is killing our culture. London: Nicholas Brealey Publishing
LEMOS, André. Comunicação e práticas sociais no espaço urbano: as características dos dispositivos híbridos móveis de conexão multiredes(DHMCM), [Online], janeiro 2015. [http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/DHMCM.pdf]
LEMOS, André, CUNHA, Paulo. (Orgs.). (2003) Cibercultura. Alguns pontos para compreender a nossa época. Olhares sobre a cibercultura. Porto Alegre: Sulina
SÁ, Simone Pereira de. (2003) Música Eletrônica e Tecnologia: Reconfigurando a discotecagem. In: LEMOS, André e CUNHA, Paulo (Orgs.). Olhares sobre a cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2003.
SILVA, Adriana de Souza. (2006). Do Ciber ao Híbrido: Tecnologias Móveis como Interfaces de espaços Híbridos. In: ARAUJO, Denise Correa (Org.). Imagem(Ir)Realidade: comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina

Sobre programação por blocos:
MIT App Inventor 2 : https://appinventor.mit.edu/
Linguagem Scratch: https://scratch.mit.edu/

Observações

As aulas decorrem em laboratório de informática.

Página gerada em: 2024-02-24 às 12:48:22