This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Politécnico de Setúbal reconhecido como EcoCampus

IPS volta a distinguir-se pelas boas práticas ambientais

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) acaba de ser reconhecido com o galardão EcoCampus, integrando assim este novo programa da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) que pretende promover a sustentabilidade nas instituições de ensino superior (IES). 

A distinção EcoCampus é coordenada a nível internacional pela Foundation for Environmental Education (FEE) e constitui um processo suplementar ao programa Eco-Escolas e à sua metodologia dos "7 passos", ao promover a melhoria contínua da gestão ambiental dos campi

Com este selo, só disponível às  IES que foram reconhecidas como Eco-Escolas - o caso das cinco escolas superiores do IPS, em Setúbal e no Barreiro, que anualmente, desde 2018/2019, vêm conquistando este galardão - o Politécnico de Setúbal propõe-se cumprir um programa de ação para três anos, que envolve todos os serviços e valências dos seus campi e que inspira e mobiliza à adoção de comportamentos sustentáveis nas comunidades académica e local.

"Este galardão é o reconhecimento pelas práticas e a estratégia do IPS, nos campi de Setúbal e do Barreiro, para os próximos três anos, com vista à melhoria do desempenho ambiental e o desenvolvimento dos seus eixos estratégicos em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ", afirma Carlos Mata, vice-presidente do IPS para a Sustentabilidade, realçando a importância da "sensibilização e mobilização da comunidade académica e local" neste processo de construção de um EcoCampus "em prol de uma sociedade mais equilibrada, coesa e sustentável".

Esta distinção vem, deste modo, consolidar a posição do IPS enquanto IES que investe, de forma continuada e consequente, na educação e gestão ambiental para a sustentabilidade. 

São disso exemplo iniciativas como a identificação e caracterização de espécies de fauna e flora e a recolha de imagens do património natural de ambos os campi, que culminaram na criação de uma Estação da Biodiversidade, bem como a instalação de caixas-ninho para aves, o enriquecimento do território com a plantação de espécies autóctones e a criação do projeto de ciência cidadã na plataforma Biodiversity4All.

Paralelamente, têm sido desenvolvidas outras atividades como o reforço do número de ecopontos, no interior dos edifícios e nos espaços exteriores, e de dispensadores de água, as sessões de divulgação e debate com especialistas sobre os ODS, o concurso "IPS Sustentável", em parceria com o Banco Santander, ou ainda a ação anual de limpeza do Estuário do Sado, como parte do programa de acolhimento aos novos estudantes.

As bandeiras EcoCampus, atribuídas às cinco escolas superiores do IPS, serão entregues em outubro, naquela que será a primeira cerimónia em Portugal do galardão FEE EcoCampus

 

 

29 agosto/2022

Opções
Últimas Notícias
IPS lidera agenda de Investigação e Inovação no espaço europeu
Cerimónia Comemorativa do Dia do IPS | 7 de outubro
Aulas de Mandarim | Inscrições: 11 e 12 de outubro
Presidente do IPS integra Comissão Permanente do CCISP
IPS assina contratos no âmbito das Agendas Mobilizadoras