This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Sobre o IPS Responsabilidade Social Responsabilidade Social e Sustentabilidade no IPS
RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE NO IPS
Responsabilidade Social e Sustentabilidade no IPS
Projetos
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Redes e Parcerias
Notícias


RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE NO IPS

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) pretende destacar-se como uma referência no Ensino Superior: um Politécnico coeso, a criar valor para a região.

A missão do IPS, neste âmbito, é ser um parceiro relevante na região de Setúbal, assumindo-se como um ator focal e motor do sistema de inovação regional, promovendo a sustentabilidade e a inclusão social, mediante uma formação de alto nível, integradora das vertentes técnica e científica, mas também cultural, ética, humanista e promotora dos valores da cidadania.

O IPS pretende formar cidadãos socialmente responsáveis, dotados de competências técnicas e transversais adequadas. A adoção de práticas adequadas de sustentabilidade, nas suas dimensões ambiental, social/cultural e económica, não se pode confinar aos campi do IPS: deverá constituir-se como um processo coletivo de construção, à escala regional, potenciando desta forma e de maneira exponencial o seu impacto positivo.

A política de sustentabilidade do IPS encontra-se articulada com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos na “Agenda 2030” da Organização das Nações Unidas. Desta forma, a Política de Sustentabilidade do IPS engloba:

  • Envolvimento, de forma inclusiva e dinâmica, da sua comunidade académica nas ações conducentes à melhoria do desempenho ambiental e social, bem como dos parceiros que partilhem estes valores e práticas;
  • Educação e sensibilização da comunidade académica para os desafios da sustentabilidade, através do fomento e reforço de comportamentos e adoção de medidas adequadas, dentro e fora dos campi do IPS, influenciando também a sociedade envolvente;
  • Criação e difusão de conhecimentos, valorizando para o efeito os domínios científicos e técnicos que integram o IPS;
  • Melhoria no impacte ambiental e na qualidade de vida nos campi, mediante a gestão mais eficiente de recursos e a redução de resíduos e emissões;
  • Cumprimento da legislação aplicável, como outros requisitos e obrigações de conformidade subscritos;
  • Associação a redes que promovam uma partilha de experiências e desenvolvimento coletivo no que respeita a atividades, práticas e políticas adequadas que cada entidade possa aplicar;
  • Monitorização, de forma contínua e criteriosa, do desempenho sustentável nas dimensões ambiental, social/cultural e económica. A divulgação pública da informação decorrente desta prática deverá constituir-se como uma ferramenta de comunicação da política/compromisso de sustentabilidade do IPS.

Comissão de Sustentabilidade do IPS

A concretização da política de sustentabilidade ancora-se na Comissão de Sustentabilidade do IPS, que tem como competências:

  • Elaborar o plano de atividades e propor a sua aprovação ao Presidente do IPS;
  • Implementar o plano de atividades aprovado;
  • Identificar e mobilizar financiamento para implementação de atividades definidas;
  • Dinamizar e sensibilizar as comunidades interna e externa para as questões da sustentabilidade.

Composição da Comissão de Sustentabilidade do IPS:

    Coordenador: Professor Carlos Mata
    Representante ESE: Professora Helena Simões
    Representante ESCE: Professora Raquel Pereira
    Representante EST Setúbal: Professor José Luís Sousa
    Representante ESS: Professora Patrícia Argüello
    Representante EST Barreiro: Professora Susana Lucas
    Representante dos Serviços de Ação Social: Dra. Marisa Santos
    Representante da Associação Académica do IPS: Rodrigo Rente