This Page in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Cursos > Disciplinas > SIESE12
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?

Children, Youth and Digital Media

Informações

    As horas de Tutoria ocorrem em horário a estabelecer com o(s) docente(s) da UC.


Ano letivo: 2022/2023 - 2S

Código: SIESE12    Sigla: CYDM
Secção/Departamento: Ciências da Comunicação e da Linguagem

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular ECTS Horas Contacto Horas Totais
SIESE 20 Study_Plan_2016 5,0

Nº de semanas letivas: 15

Responsável

DocenteResponsabilidade
Lídia Soraya Barreto MarôpoResponsável

Carga horária

Horas/semana T TP P PL L TC E OT OT/PL TPL O S
Tipologia de aulas

Corpo docente

Tipo Docente Turmas Horas
Horas de Contacto Totais 1 3,00
Lídia Marôpo   3,00

Língua de Ensino

Inglês

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Os media digitais moldam a vida social contemporânea, influenciando a maneira como as crianças e jovens aprendem, interagem e percebem a si mesmos e uns aos outros. Tendo em conta a falta de maturidade cognitiva, social, emocional e física, crianças e jovens são considerados mais vulneráveis a riscos e danos no ambiente digital. No entanto, como utilizadores precoces e intensos das novas tecnologias, também encontram novas oportunidades na esfera digital, como construir identidades e capital social, aprender habilidades tecnológicas ou se envolver em movimentos cívicos. Portanto, ser ativo e participar do mundo digital é um direito das crianças crucial para se tornarem cidadãos participativos da nossa sociedade digital.

Neste sentido, no final do curso, os estudantes deverão ser capazes de:
1. Compreender as crianças, jovens e media enquanto um campo do saber emergente
2. Analisar criticamente as diferentes perspetivas sobre as crianças, jovens e media (digitais): segurança digital, riscos e oportunidades, direitos digitais, literacia digital e bem-estar digital.
3. Reconhecer o contexto digital em que vivem as crianças e jovens atualmente, incluindo os seguintes aspetos: escola, família, pares, ecossistema digital, cultura do consumo e cultura de celebridades e participação cívica, notícias e desinformação.
4. Utilizar recursos educativos para a promoção da literacia digital entre crianças e jovens nas escolas e em contextos informais de aprendizagem.

Conteúdos programáticos

Crianças, jovens e mídia (digital) como uma disciplina em cinco perspetivas

Crianças, jovens e media: um campo emergente (génese e evolução)
Crianças, jovens e media: a perspetiva da segurança digital
Crianças, jovens e media: a perspetiva dos riscos e oportunidades
Crianças, jovens e media: a perspetiva dos direitos digitais
Crianças, jovens e media: a perspetiva da literacia digital
Crianças, jovens e media: a perspetiva do bem-estar digital
Crianças, jovens e media: recursos educativos

O contexto digital das crianças e jovens

O contexto digital das crianças e jovens: a escola
O contexto digital das crianças e jovens: a família
O contexto digital das crianças e jovens: os pares
O contexto digital das crianças e jovens: o ecossistema digital
O contexto digital das crianças e jovens: cultura do consumo e cultura de celebridades
O contexto digital das crianças e jovens: participação cívica, notícias e desinformação
O contexto digital das crianças e jovens: recursos educativos


Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objetivos de aprendizagem da UC

O programa é coerente com os objetivos da aprendizagem, pois inclui inicialmente o estudo das crianças, jovens e media como um campo de saber, tendo em conta a sua gênese e evolução (objetivo 1). As diferentes perspetivas sobre a área também são abordadas: segurança digital, riscos e oportunidades, direitos digitais, literacia digital e bem-estar digital (objetivo 2). Numa segunda parte da UC são abordados seis diferentes aspetos centrais sobre o contexto digital em que vivem as crianças e jovens: escola, família, pares, ecossistema digital, cultura do consumo e cultura de celebridades e participação cívica, notícias e desinformação (objetivo 3). Os conteúdos programáticos incluem sempre uma dimensão teórica para uma melhor compreensão conceptual dos temas abordados e uma aplicação prática dos mesmos em atividades de promoção da literacia digital utilizando recursos educativos (objetivo 4).

Metodologias de ensino

O curso é ministrado com base no equilíbrio entre aulas teóricas e práticas. Estas últimas incluem a utilização de recursos educativos para a promoção da literacia digital entre crianças e jovens nas escolas e em contextos informais de aprendizagem. A metodologia é inspirada na Aprendizagem Baseada em Problemas, utilizando estudos de caso e exigindo apresentações e reflexões dos alunos (individuais ou em grupo) como forma de promover um processo de aprendizagem interativo.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos de aprendizagem da UC

Inspiradas no método de Aprendizagem Baseada em Problemas, as metodologias de ensino usam estudos de caso para debater o papel central das tecnologias digitais na infância e juventude contemporâneas e, ao mesmo tempo, levam em consideração diferentes dimensões do contexto digital atual e ferramentas de promoção da literacia digital. Essa abordagem permite uma compreensão aplicada dos conceitos abordados sobre a relação entre crianças, jovens e media.

Metodologia e provas de avaliação

Serão levadas em consideração a participação dos estudantes em sala de aula e nas atividades propostas e também a qualidade dos trabalhos desenvolvidos.
A pontuação final será distribuída da seguinte forma:
• Participação em atividades de grupo na sala de aula: 20%.
• Ensaio académico individual sobre as temáticas abordadas na primeira parte da unidade curricular: Crianças, jovens e media (digitais) como uma disciplina em cinco perspetivas (40%).
• Projeto final em grupo sobre temática relevante acerca do contexto digital das crianças e jovens incluindo atividade para a promoção da literacia digital (40%).

Componentes de Avaliação e Ocupação registadas

Descrição Tipo Tempo (horas) Data de Conclusão
Participação presencial (estimativa)  Aulas  0
  Total: 0

Bibliografia

Carreteiro, S., Vuorikari, R., Punie, & Y. (2017). DigComp 2.1: The digital competence framework for citizens with eight proficiency levels and examples of use. Luxemburg: Publications Office of the European Union. Disponível em: https://publications.jrc.ec.europa.eu/repository/ bitstream/JRC106281/web-digcomp2.1pdf_(online).pdf
Cortesi, S.; Hasse, A.; Lombana, A.; Kim, S. & Gasser, U. (2020). Youth and digital citizenship+ (Plus). Understanding skills for a digital world. Berkman Klein Center Research for Internet & Society. Disponível em: https://dash.harvard.edu/bitstream/handle/1/42638976/2020-03_YouthAndDigitalCitizenship%2b%28Plus%29.pdf?sequence=1&isAllowed=y~
Green, L.; Holloway, D.; Stevenson, K.; Leaver, T.; Haddon, L. (2020). The Routledge Companion to Digital Media and Children. New York and London: Routledge.
Haddon, L., Cino, D., Doyle, M-A., Livingstone, S., Mascheroni, G., & Stoilova, M. (2020). Children's and young people's digital skills: a systematic evidence review. ySKILLS.
Helsper, E.J., Schneider, L.S., van Deursen, A.J.A.M., & van Laar, E. (2020). The youth Digital Skills Indicator: Report on the conceptualisation and development of the ySKILLS digital skills measure. ySKILLS.
Lemish, D.; Jordan, A.: Rideout, V. (2018). Children, Adolescents, and Media: The future of research and action. New York and London: Routledge.
Livingstone, S. & Blum-Ross, A. (2020). Parenting for a Digital Future: How Hopes and Fears about Technology Shape Children's Lives. New York: Oxford University Press.
Livingstone, S., & Stoilova, M. (2021). The 4Cs: Classifying Online Risk to Children. (CO:RE Short Report Series on Key Topics). Hamburg: Leibniz-Institut für Medienforschung | Hans-Bredow-Institut (HBI); CO:RE - Children Online: Research and Evidence. https://doi.org/10.21241/ssoar.71817
Livingstone, S.; Sefton-Green, J. (2016). The Class: Living and Learning in the Digital Age. New York: New York University Press.
Stoilova, M., Rahali, M. & Livingstone, S (2023) Classifying and responding to online risk to children: Good practice guide. London: Insafe helplines and the London School of Economics and Political Science (LSE).


Opções
Página gerada em: 2024-05-21 às 11:47:58 Última actualização: 2010-07-19