This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Politécnico de Setúbal testa comunidade académica no IPS COVID Lab

Campanha de rastreio prepara regresso ao ensino presencial

##1##

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) tem em curso, junto da sua comunidade académica, uma campanha de rastreio com testes laboratoriais para diagnóstico de SARS-CoV-2, tendo em vista o regresso em segurança às atividades letivas presenciais, que ocorrerá a 19 de abril em todo o Ensino Superior.

A ação de despistagem à COVID-19, assumida como mais um contributo para a Estratégia Nacional de Testagem, está a ser desenvolvida em laboratório próprio certificado, o IPS COVID Lab, situado na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS) e sob responsabilidade técnica da docente Marta Justino. 

A um mês do regresso ao ensino presencial, o IPS assume assim "uma postura de responsabilidade e de compromisso para com toda a comunidade , de forma a mitigar os efeitos da pandemia, prevenir contágios e conter surtos que possam surgir, não apenas nos nossos campi, como também na comunidade com que cada um de nós se relaciona", considera o seu presidente, Pedro Dominguinhos

Deste modo, segundo despacho publicado, qualquer membro da comunidade IPS poderá vir a ser chamado para integrar esta campanha, entre estudantes, docentes, não docentes e trabalhadores de empresas com prestação de serviço nos campi, desde que sejam identificados como potencialmente de maior risco, de acordo com a ordem de prioridade estabelecida.

O mesmo documento determina a obrigatoriedade dos testes de diagnóstico, sendo que a recusa da sua realização, sem justificação atendível, implica a impossibilidade de acesso e permanência nos campi do IPS.

22 de março/2021

 

Opções
Últimas Notícias
IPS dá início a três novas parcerias estratégicas Erasmus+
IPS e Universidade de São Paulo promovem Jornadas da Voz
Politécnico de Setúbal avança com testagem massiva à COVID-19
E³UDRES² aposta na cocriação para melhorar nível de vida das regiões
IPS e universidades brasileiras debatem cultura digital e educação