This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Notícias > Mesa Redonda - De quantos eus se faz uma pessoa? Histórias de identidades
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Mesa Redonda - De quantos eus se faz uma pessoa? Histórias de identidades

De quantos eus se faz uma pessoa? Histórias de identidades

Refª.: 11/2009
28 de Abril de 2009


Na próximo dia 7 de Maio, às 14h 30m, terá lugar no Anfiteatro da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal (ESE/IPS) a Mesa Redonda - De quantos eus se faz uma pessoa? Histórias de identidades.


Quando se pergunta a um indivíduo quem ele é, e ele diz "Sou cristão", "Sou uma mulher", ou "Sou inglês", está a dar-lhe a sua auto-definição mais forte, o significado que faz sentido na sua vida. (...) [A]s identidades não são papéis. Algumas são apenas atributos, mas outras são profundas e transportam em si o sentido da vida para as pessoas que as possuem. ( Castells, Manuel In Manuel Castells e Martin Ince, Conversas com Manuel Castells (2003), Porto: Campo das Letras )


Afirmar uma identidade não implica necessariamente pôr outras identidades em causa, recusá-las e anulá-las. Assim sendo, como estabelecer pontes entre margens opostas mas igualmente válidas? Que medos enfrentar ou debelar para aceitar as diferenças?


A mesa redonda intitulada "De quantos eus se faz uma pessoa? Histórias de Identidades" tem como objectivo propor o debate e a reflexão em torno destas e de outras questões sobre o significado do conceito de identidade(s), tema pertinente num mundo cada vez mais complexo e diverso em face de fenómenos como a globalização, a multiculturalidade, a diversidade religiosa ou a pluralidade de interacções e comportamentos sociais.


Neste momento de discussão apresentaremos protagonistas e especialistas que nos permitirão pensar três tipos de identidade - sexual, social e cultural - que, não deixando de estar centradas em casos particulares, nos conduzirão certamente a um pensamento amplo e descentrado de habituais categorias de interpretação estigmatizantes e reducionistas.

Entrada gratuita.







Opções
Últimas Notícias
PerfilLocal - Projeto editorial do curso de Comunicação Social
Revista MEDI@ÇÕES | Open Call
Página gerada em: 2020-08-04 às 21:57:24