This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Notícias > O tempo das transições: os momentos de transição entre as rotinas diárias na educação de infância
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

O tempo das transições: os momentos de transição entre as rotinas diárias na educação de infância

Relatório de Estágio do Mestrado em Educação Pré-Escolar


Condinho, M. S. G. S. (2018). O tempo das transições: os momentos de transição entre as rotinas diárias na educação de infância. Dissertação de mestrado, Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal.

Relatório da componente de investigação do Relatório de Estágio do Mestrado em Educação Pré-Escolar, apresentado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, sob a orientação do Professor Augusto Pinheiro.

"O presente relatório decorre do projeto de investigação realizado no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar. A investigação em foco teve como objetivo principal modificar, no sentido da potencialização, dois contextos educativos de educação de infância - creche e jardim-de-infância - no que respeita os momentos de transição entre as rotinas diárias. O relatório descreve, de forma pormenorizada, a investigação realizada. Pretende, por um lado, mostrar e analisar as realidades observadas e vividas nas duas instituições e, por outro, refletir as possibilidades criadas pela implementação de estratégias facilitadoras dos momentos de transição para as crianças e para os elementos das equipas educativas das salas. Através das estratégias facilitadoras, implementadas nos contextos, destacam-se aspetos como: (i) o maior respeito pelo tempo da criança; (ii) a diminuição de conflitos entre as crianças e a acentuação de comportamentos positivos; (iii) a personalização dos cuidados prestados às crianças; (iv) a diminuição da tensão espelhada, por vezes, nas atitudes dos elementos das equipas pedagógicas; (v) a continuidade educativa entre os vários momentos da rotina, resultantes de transições harmoniosas, com intencionalidades pedagógicas subjacentes."

Texto integral no RCIPS - http://hdl.handle.net/10400.26/25519



Opções
Últimas Notícias
Provas públicas para apreciação do relatório do projeto de investigação
Acesso às Provas M23
Pós-Graduações e Mestrados na ESE/IPS | candidaturas abertas
Pré-Requisitos 2019/2020
Prova específica no domínio da Língua Portuguesa para acesso aos Mestrados em Educação
Página gerada em: 2019-06-17 às 01:42:09