This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Ajuda Contextual  
home
Início > Notícias > Missão Projeto Aprendizagem para Todos (PAT) | Angola
Menu Principal
Autenticação





Esqueceu a sua senha de acesso?
Mapa da ESE Setúbal
Mapa interactivo do campus. Clique num determinado edifício.

Missão Projeto Aprendizagem para Todos (PAT) | Angola

Mais uma missão concluída


Terminou na 2ª quinzena de janeiro de 2020 mais uma missão do PAT, em Angola. Uma equipa de professores da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, constituída por Ana Sequeira, Catarina Delgado, Fátima Mendes, Fernanda Botelho, Jorge Pinto, José Duarte, Mariana Pinto e Nelson Matias, esteve em cinco Pólos de Formação, em Luanda, Saurimo (Lunda Sul), Lubango (Huíla), M'Banza Congo (Zaire) e Huambo, fazendo assessoria a cerca de 800 formadores das ZIP que, em maio e agosto próximos, farão a 'desmultiplicação' desta formação em cerca de duas centenas de locais, para os professores do Ensino Primário.

Desde 2016 que o IPS integra o PAT, projeto de formação 'em cascata' de 15.000 professores do Ensino Primário, em Angola (que 'sobe' agora, para 30.000), apoiados numa equipa de cerca de 70 formadores, de Língua Portuguesa e de Matemática, das Escolas do Magistério Primário, e num conjunto de 800 professores-formadores das Zonas de Influência Pedagógica (ZIP).

Esta formação, que se iniciou na componente disciplinar do conhecimento do professor, passou depois pela componente do conhecimento do currículo, em particular da avaliação e pela diferenciação pedagógica, com uma breve 'incursão' pela educação especial, para se centrar este ano, nas Práticas da Sala de Aula e no uso dos Recursos Didáticos, existentes nos CRE das ZIP. E, na falta de material impresso, como se verificou, a tecnologia do smartphone fez a diferença. Fecha-se assim, este ano, mais esta etapa do desenvolvimento profissional dos professores, que beneficiou, nesta fase final, do processo de observação de aulas que ocorreu por todo o país, entre junho e setembro de 2019.

Mas esta missão teve uma segunda e importante componente: a de apoiar o lançamento de um processo mais sustentável de formação contínua, qualificando os denominados 'sábados pedagógicos' que algumas ZIP vão realizando, quinzenalmente, para planificar as suas atividades letivas e procurando contribuir para a criação e acompanhamento de alguns futuros centros de capacitação de professores, com algum 'paralelo' com os nossos centros de formação de professores (ou de associações de escolas).

Todo este processo, que entra no seu 4.º e último ano, tem passado por muitos 'altos e baixos', e tem sido acompanhado por um grande esforço editorial que se traduziu na elaboração de mais de uma dezena e meia de Manuais de natureza, científica, didática e de intervenção, dinamização e organização local da formação. Além da elaboração editorial, foi criado um sistema informático integrado de gestão da formação, a cargo do professor Miguel Figueiredo, que tem permitido, em cada momento, monitorizar, com dados atualizados, os resultados por grandes temas/categorias de informação, em diferentes períodos de formação, por províncias e por municípios.

A imprensa angolana deu destaque a mais esta fase do Projeto PAT, estando-se já a trabalhar no arranque de um novo PAT II, em 2022.



Opções
Últimas Notícias
Calendário de Exames de 2º Semestre 2019/20
Alteração dos pré-requisitos 2020
Revista MEDI@ÇÕES | Open Call
Plano de Regresso Faseado ESE/IPS
COVID-19 | Plano de Contingência do IPS e recomendações
Página gerada em: 2020-07-10 às 01:36:20